sábado, 5 de outubro de 2019

Ataque de procurador a juíza amplia temor no STF

Folha de S. Paulo - Painel
Por Daniela Lima

O ataque de um procurador da Fazenda Nacional a uma juíza que despachava no TRF-3, em São Paulo, na quinta (3), ampliou a preocupação de ministros do Supremo com segurança. Após ler a notícia da tentativa de assassinato da magistrada, um dos integrantes da corte fez um desabafo.

“Estou avisando há tempos. Se a imprensa não parar de adular e incentivar discursos populistas e falsos moralismos, logo você anunciará um ministro do STF esfaqueado”, escreveu.

No meio jurídico cristalizou-se a tese de que narrativas como a empregada por Rodrigo Janot contra Gilmar Mendes “só servirão para produzir um novo Adélio, que dessa vez atente contra o Judiciário”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário