domingo, 17 de junho de 2018

"Sertão: Senador Fernando Bezerra cumpre intensa agenda com Armando Monteiro e Mendonça Filho"


Acompanhado pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE) e o deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE) – pré-candidatos ao Governo do Estado e ao Senado, respectivamente, pelo grupo de oposição Pernambuco Quer Mudar – o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) cumpriu uma intensa agenda de trabalho neste final de semana, em Petrolina (PE) e região. Na sexta-feira (15), os compromissos começaram cedo, com uma visita às obras de construção de uma creche e uma escola nos bairros Antônio Cassimiro e Cohab 3 e só encerraram por volta de 22h, na abertura oficial do São João de Petrolina, no Pátio do Forró da cidade-natal de Fernando Bezerra. Neste sábado (16), eles estiveram em Salgueiro (PE), onde se encontraram com lideranças do Sertão Central.

“Armando Monteiro é, sem dúvida, o candidato mais preparado para assumir o governo do nosso estado e devolver a Pernambuco o protagonismo que já tivemos no Nordeste e no país”, destaca Bezerra Coelho. As agendas de sexta-feira ocorreram no dia seguinte à visita do ministro dos Transportes, Valter Casimiro, para a autorização de obras rodoviárias e hidroviárias em Petrolina. No final daquele mesmo dia, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, anunciou – juntamente com o prefeito Miguel Coelho e o deputado federal Fernando Filho (DEM-PE) – as primeiras 992 unidades do “Programa Minha Casa, Minha Vida” desta gestão municipal. Baldy também antecipou que o município receberá recursos da ordem de R$ 10 milhões para obras de infraestrutura.

CRECHE E ESCOLA – Na manhã de sexta-feira, o senador e os pré-candidatos – na companhia do prefeito Miguel Coelho; da secretária de Educação de Petrolina, Larissa Soeiro; do secretário municipal de Infraestrutura, Fred Machado; e do deputado federal Fernando Filho – estiveram nas obras de construção de uma creche e uma escola nos bairros Antônio Cassimiro e Cohab 3. “Estamos trabalhando para que a escola seja inaugurada já no próximo mês e a creche, até o final deste ano”, destacou Fernando Bezerra Coelho. Juntas, as unidades terão capacidade para atender 480 crianças.

ESPECIALISTAS E ACADÊMICOS – Ainda durante a manhã de sexta-feira, no auditório da Fundação Nilo Coelho, os senadores e os deputados federais reuniram-se com técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Secretaria Municipal de Agricultura, do Instituto Federal do Sertão (IF-Sertão), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

TRABALHADORES RURAIS – À tarde, acompanhado por Armando Monteiro e Mendonça Filho, o senador Fernando Bezerra conduziu reunião com associados aos sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STR) e dos Trabalhadores e Trabalhadoras Associados Rurais (STTAR) de Petrolina (PE). O encontro também contou com a participação dos deputados federais Fernando Filho e Bruno Araújo (PSDB-PE) e do prefeito Miguel Coelho, além do economista Antônio Coelho (DEM), pré-candidato à Assembleia Legislativa, e dos presidentes do STTAR, Leninha, e do STR, Maurício Rosa.

Também participaram da reunião, o presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável, Chicô, e o presidente da Câmara de Vereadores, Osório Siqueira. “Nestes sindicatos, me sinto em casa; principalmente por poder ouvir as demandas deste setor, que move a economia de Petrolina e de toda a região do Vale do São Francisco”, afirmou Bezerra Coelho. “É isto que Armando está fazendo: ouvindo os trabalhadores para que possamos elaborar o melhor plano de governo ao nosso estado”, acrescentou.

COMÉRCIO VAREJISTA – No final da tarde de sexta-feira, Fernando Bezerra, Armando Monteiro e Mendonça Filho dialogaram com empresários do comércio varejista de Petrolina. Eles se encontraram com associados à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e ao Sindilojas, na sede da CDL do município. À noite, acompanhados pelo prefeito Miguel Coelho e os deputados Fernando Filho e Bruno Araújo, prestigiaram a abertura do São João da cidade.

7 em cada 10 brasileiros irão acompanhar os jogos da Copa

Sete em cada dez brasileiros disseram, em pesquisa à Boa Vista SCPC, que irão acompanhar os jogos da Copa do Mundo da Rússia. Realizada entre os dias 6 e 11 de junho, com cerca de mil respondentes em todo o Brasil, a pesquisa Hábitos de Consumo e de Comportamento do Brasileiro para a Copa do Mundo de 2018 constatou ainda que a maioria irá acompanhar pela TV aberta (48%), seguidos dos que assistirão em TV por assinatura (39%), Internet (9%) e Rádio (2%).

A pesquisa também identificou se os brasileiros que irão assistir aos jogos na TV pensaram em dar um upgrade, migrando de TV aberta para TV por assinatura, ou ampliando o pacote de canais. A maioria (97%) respondeu que não pretende fazer esse investimento por conta dos jogos da Copa.

Aos que irão assistir a cobertura da Copa pela TV, a maioria respondeu que fará em casa (54%), seguidos dos que farão na residência de amigos e familiares (21%), no trabalho (13%), em bares, restaurantes e padarias (8%) e em telões e locais públicos (2%).

O setor de alimentos e bebidas será o mais procurado pelos consumidores, superando o de artigos de festas, brindes ou esportivos. Segundo a pesquisa da Boa Vista SCPC, 70% dos consumidores irão comprar alimentos e bebidas para consumir durante os jogos da Copa do Mundo e 19% disseram que investirão em camisas e itens para animar a torcida (bandeiras, enfeites etc).

Dos entrevistados que vão gastar algum recurso por conta da Copa, 60% pretendem investir valores que não ultrapassam os R$ 200 com estas compras. Outros 22%, no entanto, estão dispostos gastar valores entre R$ 200 e R$ 400. Os que gastarão de R$ 400 a valores superiores a R$ 1000 são 18% dos entrevistados.

Já sobre o desempenho da Seleção Brasileira, 40% estão otimistas e acreditam que o Brasil vai ganhar esta Copa. Com a Seleção chegando à final, 70% responderam que irão festejar em casa ou na residência de amigos e familiares. 20% comemorarão em bares e restaurantes, e 10% nas ruas.

Metodologia

A pesquisa Hábitos de Consumo e Comportamento do Brasileiro para a Copa do Mundo de 2018, elaborada pela Boa Vista SCPC, teve por objetivo identificar os hábitos de compras dos consumidores para a comemoração da Copa do Mundo, suas preferências e a perspectiva de a Seleção Brasileira vencer o campeonato. Foi realizada de modo quantitativo, por meio de abordagem via internet, no período de 06 a 11 de junho de 2018. O universo é representado por consumidores de todo o Brasil, incluindo aqueles que buscaram informações e orientações no portal Consumidor Positivo da Boa Vista SCPC (www.consumidorpositivo.com.br). A amostra é aleatória, não probabilística, alcançando aproximadamente 1.000 respondentes. Para leitura dos resultados foram consideradas as diferenças estatísticas entre as amostras coletadas, sendo 3% de margem de erro e confiabilidade de 95%.

SOBRE A BOA VISTA SCPC
A Boa Vista é uma empresa brasileira que alia inteligência analítica à alta tecnologia para transformar dados em soluções para os desafios de clientes e consumidores.

Criada há mais de 60 anos como SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), tem contribuído significativamente para o desenvolvimento da atividade de crédito no Brasil, ajudando o País a estabelecer uma relação de consumo mais equilibrada entre empresas e consumidores.

A Boa Vista é precursora do Cadastro Positivo, banco de dados com informações sobre o histórico de pagamentos, que deixa a análise de crédito mais justa e acessível.

Pioneira também em serviços ao consumidor, a Boa Vista responde por iniciativas que cooperam com a sustentabilidade econômica dos brasileiros, como a consulta do CPF com score, dicas de educação financeira e parcerias para negociação de dívidas. Tudo disponível de forma simples, rápida e segura no portal consumidorpositivo.com.br.

Atualmente é referência no apoio à tomada de decisão em todas as fases do clico de negócios: prospecção, aquisição, gestão de carteiras e recuperação.

Dados estão em toda parte. O que a Boa Vista faz é usar inteligência analítica para transformá-los em respostas e soluções às necessidades e desejos dos consumidores e empresas.

Com megaestrutura, Santa Cruz do Capibaribe inicia São João da Moda 2018


O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, abriu oficialmente na noite deste sábado (16), a sexta edição do São João da Moda. Para melhor acomodação do público, a festa ganhou um novo local, a Arena da Moda, que conta com nova estrutura de luz e palco, além de piso em toda a área. A abertura do festejo junino contou com corte de fita, hasteamento da bandeira de São João, apresentações culturais com o grupo Bacamarteiros do Ingá e Calixto Pedro, Quadrilha da Sulanca e Coroné do Pife e Banda. Na grade de programação do primeiro dia, artistas de renome nacional e valorização dos talentos do município.

Ao oficializar a abertura das comemorações do São João, o prefeito Edson Vieira falou da mudança de local da festa. “Muitas dúvidas foram levantadas sobre esta festa, tivemos a coragem de mudar, e agora, depois de cinco anos de sucesso, trouxemos o evento para esta área. O desafio de um gestor é observar e fazer melhor. Pensamos grande, o público abraçou nossa ideia, está prestigiando e aprovando o melhor e maior São João da Moda”, frisou o prefeito.

“É a festa mais importante para os nordestinos e Santa Cruz do Capibaribe hoje faz o melhor São João da região. Por isso, não poderia deixar de prestigiar este evento que leva diversão, geração de emprego e cultura popular à população”, relatou o deputado federal Bruno Araújo.

A estudante Maria Luiza, contou da sua alegria de participar na abertura do São João da Moda. “Uma festa maravilhosa, que não deixa em nada a desejar aos grandes eventos. Superou sem sombras dúvidas, todas as expectativas”, pontuou a estudante.

“Vim conferir de perto as novidades e posso dizer que o São João da Moda vem inovando a cada ano. Uma festa bonita que reúne todos os amigos que vêm se divertir neste espaço com tranquilidade”, disse o comerciante Alex Dias.

No Palco da Moda aconteceram shows de Davi Firma, Maria Clara e a descontração de Gabriel Diniz. Houve também apresentações nos polos Multicultural e Arraial Povão com artistas locais.

Neste domingo (17)  a festa começa mais cedo com a transmissão do jogo da seleção brasileira, às 15h, na Arena da Moda, e logo após, às 17h30, shows com Rubieno Catanha, Jean Araújo, Gleydson e Henricky, Cavaleiros do Forró e Avine Vinny. No Arraial Povão a programação vai contar com forró pé-de-serra e no Multicultural será o dia da cultura popular com violeiros e aboiadores. 

sábado, 16 de junho de 2018

CURTINHAS

Aprovado – No exercício do seu primeiro mandato em Camaragibe, o prefeito Demóstenes Meira (PTB), diferentemente do seu antecessor, consegue andar tranquilamente pelas ruas da cidade sem ser hostilizado. A população está bastante receptiva com o gestor, que recebeu um rombo de R$ 17 milhões da gestão anterior, mas está tocando obras, como o mercado municipal que custará R$ 10 milhões e os recursos já estão assegurados.

Dobradinha – Após retorno de agenda no Paraná, a cantora Valda Sedícias, pré-candidata a deputada estadual, reuniu-se com André Ferreira, presidente estadual do PSC. Na pauta, os ajustes finais para definição da majoritária e estratégia da chapa proporcional, reafirmando o compromisso de fortalecimento do partido na eleições de outubro próximo. Na ocasião participou Mario Jorge, liderança do Movimento Espírita. Valda Sedícias é filha de sanfoneiro, artista conhecida em toda Região Agreste, atuante no Movimento Espírita, e dobrará com Fábio Barros para deputado federal.

Economia – O deputado federal Bruno Araújo defende a proposta do PSDB de reduzir o número de deputados e senadores que só terá validade em 2022, porém ele sublinha que na proposta tucana a redução dos custos com o legislativo deve cair em 20% o custeio da Câmara Federal já neste segundo semestre, através de uma emenda na LDO.

RÁPIDAS

Tabu – A respeito dos tabus a serem quebrados nestas eleições, Evandro Alencar lembra que há mais um vigente no Araripe, que é o de nunca a região ter elegido um deputado federal. Pré-candidato a uma cadeira na Câmara Federal, Evandro Alencar espera ser o primeiro parlamentar do Araripe, uma vez que votos para eleger um representante a região tem de sobra.

Wolney Queiroz – O presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz, está angariando apoios importantes para a sua reeleição. O trabalho realizado pelo secretário de Agricultura, Wellington Batista, seu indicado, está sendo fundamental para ampliar os espaços e garantir o sexto mandato na Câmara dos Deputados.

Inocente quer saber – Paulo Câmara já pode se considerar reeleito como consideram alguns de seus aliados?

Por Edmar Lyra

Vice-presidente da Câmara de Taquaritinga, Jurandi agradece ao Senador Humberto, pelos recursos enviados para a saúde e apresenta novas demandas do município

JOAB GOMES ADERE PROJETO DE DIOGO MORAES, QUE PASSA A TER MAIORIA NA CÂMARA DE SANTA CRUZ!


Mais um vereador da base do prefeito Edson Vieira (PSDB) adere ao deputado Diogo Moraes (PSB), que passa a ter maioria dos apoios na Casa de Lei de Santa Cruz. Dos 17 vereadores da Câmara, 7 estão com o deputado, 5 com o prefeito Edson Vieira e 5 com o ex-prefeito Zé Augusto Maia.

Após o rompimento politico com o prefeito, Diogo Moraes conquistou até agora o apoio para a sua reeleição dos vereadores situacionistas Ronaldo Pacas, Junior Gomes, Toinho do Pará, Zé Minhoca e agora do vereador Joab Gomes. Da bancada oposicionista, aderiram ao projeto os vereadores Marlos Melo e Deomedes Brito, deixando o deputado com a maioria dos vereadores da Casa Dr. José Vieira de Araújo.

Com o prefeito permaneceram os vereadores: Zezin Buxin, Pipoca, Jessyca Cavalcante, Nailson Ramos e Irmão Val. Já o ex-prefeito Zé Augusto Maia conta por enquanto, com Capilé, Augusto Maia, Carlinhos da COHAB, Helinho Aragão e Ernesto Maia.

Com a Câmara Municipal dividida em 3 frentes, a eleição da presidência da Casa de Lei que acontece final de ano ganha um tempero especial. Só a união entre Vieiristas e Zémaistas  derrotaria a frente de apoio do deputado Diogo Moraes.

Com a confirmação do apoio do prefeito Edson Vieira ao projeto Armando governador, os zémaistas e vieiristas passarão a ter mais um ponto em comum neste jogo político que é quente na cidade das confecções. (Do Blog do Marcondes Moreno)

LINDBERGH VÊ ESPERANÇA DE LULA SAIR DA CADEIA


247 – O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) diz que Lula, que vem sendo mantido como preso político para não disputar as próximas eleições presidenciais, que ele venceria com facilidade, poderá sair da cadeia no próximo dia 26 e pede mais mobilizações.

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, pediu ao presidente da 2ª Turma do STF, Ricardo Lewandowski, que coloque em pauta no dia 26 de junho um novo pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A defesa do petista quer colocar o ex-presidente em liberdade até que o STF julgue o recurso que busca reverter a condenação imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no processo do tríplex do Guarujá (SP). Lula está preso desde 7 de abril, cumprindo pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Ao Supremo, a defesa de Lula argumentou no recurso extraordinário que a condenação imposta a Lula afronta artigos da Constituição que, por exemplo, proíbem o julgamento por um juiz de exceção 

Em despacho, Edson Fachin afirmou que cabe ao STF apreciar esse tipo de pedido. “Por tal razão, indico o feito à pauta da 2ª Turma para julgamento em 26/06/2018, a critério da ilustre presidência, diante dos afazeres daquele colegiado”, disse Fachin.

Lula, que lidera as pesquisas de intenção de voto nos cenários que aparece como candidato, alega ser inocente e alvo de perseguição política. O ex-presidente quer disputar mais um mandato para o Palácio do Planalto, mas a Lei da Ficha Limpa deverá impedi-lo de concorrer.

DA FONTE: CLEITON BARBOZA REPRESENTA A FORÇA EMPREENDEDORA DO POLO DE CONFECÇÕES


Cleiton Barboza reuniu-se com o deputado federal Eduardo da Fonte nesta sexta-feira (15) e mostrou-se satisfeito com o que ouviu, pois uma estrutura está sendo montada para dar suporte ao pré candidato a deputado estadual da Terra das Confecções.

Da Fonte, que tem, ano a ano, contemplado Santa Cruz do Capibaribe com suas emendas enxerga em Cleiton um político de futuro e destaca a importância de ter um representante do município, identificado com os anseios da população, na Assembleia Legislativa.

"Cleiton é um jovem de futuro, pois representa a força empreendedora do Polo de Confecções. Ele conhece as demandas dos que ali vivem e trabalham, portanto será uma voz firme na Assembleia Legislativa defendendo os interesses daquele povo. Fico muito feliz em tê-lo em nossos quadros", disse Da Fonte.

AGENDA - No próximo dia 23 de junho, possivelmente, o deputado federal Eduardo da Fonte visitará Santa Cruz do Capibaribe. 

Flávio Dunda toma posse como secretário Extraordinário de Habitação em Santa Cruz do Capibaribe


Na manhã desta sexta-feira (15) o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, deu posse ao novo secretário Extraordinário de Habitação, Flávio Dunda, que irá comandar a pasta no município a partir de segunda-feira (18).

A solenidade aconteceu na Prefeitura e contou com a participação de  secretários municipais e vereadores. Flávio Dunda assume de forma definitiva, após a saída de Joab Gomes. A pasta estava sendo gerida por Breno Feitoza, de forma interina.

Na assinatura do termo de posse, o prefeito Edson Vieira falou sobre a escolha de Flávio Dunda para este cargo. “É uma pessoa que preenche todos os requisitos, idônea e conhece todas as localizações de terra do município. Não tenho dúvidas que será um bom trabalho executado por ele a frente da Secretaria”, disse.

O secretário Flávio Dunda, falou sobre esse desafio e destacou quais serão seus objetivos. “Estou pronto, pois é mais um desafio que foi me dado e quando estamos sendo convocados para trabalhar em algo que já tem conhecimento, aí é que você faz o trabalho com sucesso. Minha experiência no meio irá somar e transformar nossa atuação no coletivo”, disse.

Como atribuição, o secretário será responsável por tratar de questões relacionadas a habitação popular, regularização fundiária e orientação ao projeto federal Cartão Reforma. Em Santa Cruz do Capibaribe, o programa já conta com 200 inscritos.

A Secretaria, localizada na Avenida José Francisco de Queiroz no bairro Dona Dom, funciona das 8h às 13h, e terá o apoio de técnico social, jurídico, engenharia civil e arquitetura.

Prefeito de Serrita declara apoio a Armando e Mendonça


Durante passagem pelo Sertão Central, neste sábado (16), os pré-candidatos a governador e senador Armando Monteiro (PTB) e Mendonça Filho (DEM), respectivamente, receberam o apoio do prefeito de Serrita, Erivaldo Oliveira (PSD) para a disputa eleitoral deste ano. O gestor apontou que Armando e Mendonça são os nomes mais preparados e capazes de construir um novo projeto de desenvolvimento para Pernambuco e região.

"É desejo de todos os pernambucanos a vontade de mudar Pernambuco e eu também tenho esse sentimento. Com Armando e Mendonça, vamos abrir uma nova história para o nosso Estado", afirmou Erivaldo Cordeiro. Ele prometeu engajar-se na campanha da Frente das Oposições, mobilizando prefeitos da região para eleger Armando governador e Mendonça senador. "Vou convocar todos de Serrita e os prefeitos da região para que, juntos, possamos mudar nossa realidade, principalmente para nós do Sertão, onde a população é uma das mais prejudicadas", completou o gestor sertanejo.

Armando Monteiro destacou a importância do apoio recebido. "Nós temos a satisfação de ter a presença do prefeito de Serrita se incorporando nessa grande frente política que estamos criando em Pernambuco. Erivaldo é alguém que vai nos ajudar a dar mais força a essa proposta que nós vamos consagrar no nosso plano de governo, e que contempla de maneira muito prioritária o Sertão pernambucano", declarou o petebista.

O pré-candidato a governador afirmou ainda que a adesão do prefeito de Serrita à Frente das Oposições é o primeiro dos muitos movimentos de apoio que virão nos próximos meses. "Tenho certeza que muitos prefeitos se incorporarão à essa Frente. Todos entendem que Pernambuco precisa de outro caminho e de outro rumo e que esse projeto que estamos construindo representa isso", cravou Armando Monteiro.

Mendonça Filho sublinhou que a Frente das Oposições vem se fortalecendo cada dia mais. “O sentimento de mudança tem convocado as lideranças e prefeitos de todas as regiões de Pernambuco. O apoio de Erivaldo fortalece nossa caminhada, que está só no começo”, disse o pré-candidato a senador.

COM APRESENTAÇÃO DOS DECENTES DO FORRÓ, FESTA DE FAZENDA VELHA EM BREJO FOI SUCESSO ABSOLUTO


Um sucesso absoluto, assim foi classificada a festa realizada pela Prefeitura Municipal em Fazenda Velha município do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, na noite da última quarta-feira (13).

​Às 17 horas, aconteceu a procissão de Santo Antônio que contou com a presença de centenas de devotos e simpatizantes da Igreja Católica.

​Após a procissão, o Padre César celebrou a Santa Missa que em seguida, deu vez ao leilão para arrecadar recursos para o custeio de despesas da festa religiosa.

​A banda campeã do “Vem Cantar Forró” da TV Asa Branca - afiliada a Rede Globo de Televisões, Decentes do Forró subiu ao palco de animou o público presente.

​Givanildo do Acordeom com participação de Sandro do Acordeom também fizeram parte da festa de São João que foi considerada pelos moradores a maior já realizada na história do povoado.

​O prefeito Hilário Paulo (PSD) esteve prestigiando o evento acompanhado da primeira dama Maria da Paz (Nininha), de vereadores e secretários municipais. 
“Foi uma bonita festa, dedicada à família, aos moradores de Fazenda Velha. Eventos como esse, proporcionam lazer aos nossos munícipes, aquece a economia na localidade, gera renda e tem aprovação popular”, enfatizou Hilário.

A tranquilidade do evento foi garantida pela GCM – Guarda Civil Municipal – do Brejo da Madre de Deus.

SDS divulga detalhes da Operação São João

De acordo com a Secretaria de Defesa Social, o São João 2018 de Pernambuco está tendo a segurança reforçada durante todo o mês de junho, com a ativação de 30.098 postos de trabalho das polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros. O efetivo tem sido 22% superior ao que foi empregado nos festejos juninos de 2017. Na última quarta-feira (13), o Governo de Pernambuco, por meio da SDS, divulgou, em entrevista coletiva, os detalhes da Operação São João 2018.

O incremento no policiamento está presente do Litoral ao Sertão, com atenção especial para os polos juninos, a exemplo de Caruaru, Limoeiro, Gravatá, Arcoverde e Petrolina, além da capital. O esquema especial de segurança já teve início no último dia 1º e prosseguirá até o próximo dia 1º. Nos dias 22, 23 e 24 de junho, quando os festejos alcançarão o seu ponto alto, as escalas de trabalho estarão ainda mais robustas por todo o Estado.

“Todo o efetivo das operativas da Secretaria de Defesa Social já se encontra empenhado para garantir a segurança do São João. Os agentes de segurança estão distribuídos nos dias de evento em todas as regiões do Estado para que tenhamos os festejos mais seguros dos últimos anos. Pernambucanos e turistas podem curtir o São João de forma tranquila”, ressaltou o secretário executivo de Defesa Social, Humberto Freire.

Somente a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) ativou 22.478 escalas de plantão para o período completo da Operação São João. Apenas para os dias 22, 23 e 24 de junho, são 6.211 postos de trabalho mobilizados. As equipes de policiamento ostensivo estarão distribuídas nos focos de animação, em viaturas de quatro rodas, motocicletas, a cavalo e a pé.

O período de pré-São João (entre 1º e 21 de junho) concentra a maioria dos plantões, com 12.928 postos de trabalho entre todas as operativas da SDS. Nos três dias principais de festa – 22 a 24 de junho –, o efetivo empregado será de 9.938 postos de trabalho. De 25 de junho a 1º de julho, o chamado pós-São João, haverá 7.172 escalas preenchidas.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

CURTINHAS

Proposta –  “Oportunista e eleitoreira a proposta do PSDB de reduzir o número de deputados federais sob o argumento de economia nos gastos públicos. Por conta da anualidade, a medida só passaria a valer no pleito de 2022. Mais eficiente seria promover cortes agora. Que se apresente um projeto de resolução que diminua os gabinetes de deputados, senadores e a própria estrutura administrativa da Câmara. Economia imediata. Eu topo”, afirmou o deputado federal Augusto Coutinho sobre a proposta do PSDB que quer diminuir de 81 para 54 senadores e de 513 para 395 deputados federais.

Investimento – O prefeito Geraldo Julio e o secretário de Saneamento, André Correia, assinam nesta sexta-feira ordem de serviço para iniciar as obras de pavimentação e drenagem da rua Pereira Barreto, no bairro de Passarinho. O projeto inclui uma via pavimentada com 1,16 km de extensão e calçadas, além do sistema drenagem. Orçado em R$ 2,4 milhões, o projeto tem prazo de seis meses para ser concluído. A rua, que é um dos principais acessos do bairro do Passarinho para a BR-101, é o único trecho não pavimentado da área. A via está localizada em frente ao residencial Governador Miguel Arraes, que prevê 304 novas unidades habitacionais, das quais já foram entregues 223 casas.

Giro – Dando continuidade a sua agenda no Sertão pernambucano, o governador Paulo Câmara visita, nesta sexta-feira, os municípios de Salgueiro, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande para entregar e autorizar importantes obras para a região. No começo da manhã, será a vez de Salgueiro receber a Caravana da Educação e Pactuação de Metas 2018, e o governador aproveitará a visita à cidade para dar por inaugurada a reforma e ampliação da Escola de Referência em Ensino Médio de Salgueiro. Já no município de Cabrobó, o governador visitará as obras da Escola Técnica Estadual. À tarde, no município de Santa Maria da Boa Vista, Paulo comandará a inauguração da revitalização da Orla Fluvial. No município de Lagoa Grande, o chefe do Executivo estadual participará da abertura do Concurso de Quadrilha, em comemoração ao aniversário da cidade.

Vácuo – Caso se concretize a aliança de Humberto Costa e Jarbas Vasconcelos, ou Marília Arraes consiga ser candidata a governadora, Silvio Costa tende a surfar no vácuo que está sendo deixado. Com duas vagas para o Senado, Silvio poderá canalizar parte significativa do eleitorado lulista no estado e surgir como um nome competitivo. Com o advento das redes sociais, mesmo sem uma grande estrutura, ele poderá levar a sua mensagem nas mais variadas regiões do estado, sendo um perigoso candidato a senador.

RÁPIDAS

Definhando – O grupo de Betinho Gomes e do vereador Ricardo Carneiro continua definhando no Cabo de Santo Agostinho. Somente esta semana deixaram a dupla, Renata Carneiro, que é sobrinha do vereador e prima de Betinho, Tiago das Praias e Rafael Campelo que disputaram as eleições de 2016 no palanque do tucano. Pelo andar da carruagem eles irão acabar ficando sozinhos no município.

Presente – O presidente municipal do Progressistas em Petrolina, Coronel Leite, que foi secretário municipal de Educação de Julio Lossio e de Obras de Miguel Coelho e processou as novas demandas para o programa Minha Casa Minha Vida, representará o partido durante o anúncio de novas unidades habitacionais na cidade que ocorre nesta sexta-feira com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy. O Coronel Leite também é pré-candidato a deputado estadual sendo uma das principais apostas do PP no Sertão.

Inocente quer saber – O Palácio já ajustou as contas com Eduardo da Fonte e Sebastião Oliveira?

Por Edmar Lyra

Ministério e BNDES anunciam R$ 20 milhões para projetos de Internet das Coisas


Segundo o ministro Gilberto Kassab, com a iniciativa, o Brasil se iguala aos países que estão na vanguarda em IoT. 

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançaram nesta quinta-feira (14), no Rio de Janeiro, chamada para seleção de projetos-piloto de Internet das Coisas (IoT). No total, serão disponibilizados R$ 20 milhões em recursos não reembolsáveis para impulsionar projetos do setor. “O momento é da Internet das Coisas, e o Brasil se iguala aos principais países que estão na vanguarda em IoT”, disse o ministro Gilberto Kassab.

O BNDES vai receber propostas até 31 de agosto. Para alavancar os investimentos, os projetos  devem apresentar contrapartida,  e o BNDES apoiará até 50% do custo de cada iniciativa selecionada. O valor mínimo é de R$ 1 milhão por projeto-piloto apoiado. As iniciativas de IoT deverão ser testadas em plataformas de experimentação e/ou em ambientes reais.

O apoio do BNDES os projetos de Internet das Coisas é uma das medidas de impacto recomendadas pelo estudo “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”, realizado em parceria com o MCTIC.

O Ministério e o BNDES pretendem promover o desenvolvimento e a difusão da Internet das Coisas no Brasil com apoio do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços para o lançamento de chamada voltada ao ambiente industrial. Com a chamada, a expectativa é estimular o ambiente de inovação e identificar oportunidades e necessidades de pesquisa e desenvolvimento.

Poderão ser apoiadas soluções executadas por instituições tecnológicas públicas ou privadas sem fins lucrativos dentro do foco de cada um dos seguintes ambientes: Cidades Inteligentes, Ambiente Rural e Saúde.

No caso de Cidades, os projetos devem ter foco em redução de desperdícios, iluminação pública, aumento da capacidade de vigilância e monitoramento e aumento da atratividade de transportes públicos.

No ambiente Rural, os focos devem ser no uso eficiente de maquinário e dos recursos naturais e em segurança sanitária e bem-estar do animal. Já em relação à Saúde, o objetivo é focar em monitoramento de pacientes; ativos e insumos; e diagnóstico descentralizado.

Cada instituição poderá apresentar até três projetos dentro de um mesmo plano voltado a cada um desses ambientes. O valor global deve ser de pelo menos R$ 2 milhões em itens financiáveis, com prazo de execução de até 24 meses. O grupo de avaliação das propostas será composto por funcionários do BNDES e representantes externos com conhecimento dos temas dos projetos.

Ao fim dos processos, as instituições apoiadas pelo BNDES deverão, obrigatoriamente, publicar a avaliação dos resultados dos projetos, informando de forma detalhada os testes realizados e o desempenho observado. Clique aqui para conhecer a chamada pública. (Ascom/MCTIC)

Termina hoje o prazo de inscrições para o Sisu

Esta sexta-fera (15) é o último dia para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. Pode concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero na redação.

As inscrições são feitas apenas pela internet. O sistema fica aberto até as 23 horas e 59 minutos, no horário de Brasília.

Ao entrar no sistema, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição. A última modificação confirmada é a considerada válida.

Hoje também os estudantes podem consultar a última divulgação das notas de corte, ou seja, a nota mínima para ingressar no curso, na modalidade pleiteada. Para calcular a nota de corte dos cursos, por modalidade de concorrência, o Sisu considera o número de vagas disponíveis e o de inscritos até ontem (14). O Ministério da Educação alerta que a nota de corte é, portanto, apenas uma referência e não assegura a classificação final.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 a 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho.

Waldemar Borges comemora redução da violência no Estado


A redução de 22% nas mortes violentas em Pernambuco, registrada em maio, mereceu pronunciamento do deputado Waldemar Borges (PSB) durante a Reunião Plenária desta quinta (14). O parlamentar elogiou as medidas do Governo do Estado na área de segurança pública e considerou que os números indicam “o começo da reversão da curva da violência”.

No mês passado, o Estado registrou 355 assassinatos. No mesmo período do ano passado, foram contabilizados 458 crimes desse tipo. Borges sublinhou que foi o quinto mês consecutivo de queda nas mortes violentas em Pernambuco, que, em 2018, soma 1,9 mil homicídios –  também 22% menos que no mesmo período de 2017.

“O que vemos é resultado dos esforços do governador Paulo Câmara na área de segurança pública”, observou o socialista.  “Não que a violência tenha deixado de ser algo preocupante, mas os números demonstram avanços importantes. A mudança é fruto da competência dos profissionais da segurança e da equipe à frente da Secretaria de Defesa Social”, ressaltou.

SE LIGUE!

Deputados se somam à luta pelo registro do Forró como Patrimônio do Brasil


A Comissão de Cultura realizou nesta quarta-feira (13), audiência pública para discutir o processo de inscrição das matrizes do forró como patrimônio imaterial do Brasil. A reunião aconteceu por iniciativa da deputada Luciana Santos (PCdoB/PE), presidente da Frente em Defesa da Cultura, e do deputado Daniel Almeida (PCdoB/BA).  

“Nos sentimos muito felizes em somar a essa luta em defesa do registro do Forró como Patrimônio Imaterial do Brasil porque é um cuidado com a nossa Cultura, com a nossa história e com a identidade do povo brasileiro. Além da audiência na Câmara realizaremos atividades nos estados, nas Assembleias, Câmaras e também em atividades artísticas”, comentou a deputada Luciana, autora da audiência e presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura.

O deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), um dos que solicitaram o debate, acrescentou que o forró embala as festas juninas em todo o País e gera milhares de empregos – razões pelas quais merece a proteção do Estado. “Trata-se de uma manifestação cultural e artística extremamente democrática. Digo sempre que o forró chega com o mesmo brilho no rancho – debaixo do pé de árvore – e nos salões mais sofisticados do Brasil”, salientou.

Os parlamentares puderam ouvir sobre como o processo tem acontecido, sobre as organizações nos estados e sobre a relevância dessa iniciativa para a cultura do país. Para o professor Rangel Junior, reitor da Universidade Estadual da Paraíba e, segundo o próprio, “forrozeiro licenciado”, a Educação e suas instituições tem papel fundamental na valorização da Cultura e da Arte como elementos de identidade de um povo.

“À pergunta ‘para que serve a arte’ eu respondo: Serve para nós sabermos quem somos. Serve para ouvir quatro cinco acordes de Asa Branca e eu saber de onde eu vim, e eu saber onde estão fincados os meus pés e as ideias que estão na minha cabeça. Para eu me reconhecer como gente, mas como gente de um lugar”, exclamou. Ele lembrou, ainda, que o registro do forró vai estimular a cadeia produtiva da economia criativa, da cultura, porque o forró “é instrumento não só de identidade, mas também de desenvolvimento econômico e social”.

Já Tereza Accioli, produtora cultural e coordenadora do Fórum em Pernambuco, emocionou o plenário, lotado de forrozeiros de Brasília e da região, ao lembrar o músico Accioly Neto, seu esposo, falecido em 2000 e referência para muitos dos presentes. Ela destacou que o reconhecimento do forró por parte do Iphan é fundamental para que a tradição não se perca e os artistas possam cada vez mais se profissionalizar.

“Tendo o reconhecimento do forró como patrimônio cultural, serão criadas mais políticas públicas para nossos representantes. Passaremos a participar da cadeia produtiva, da economia criativa”, disse Tereza. A coordenadora do Fórum na Bahia, Rozania Macedo, se pronunciou na mesma linha ressaltando a importância dos parlamentares se somarem aos esforços de produção do dossiê, destinando emendas parlamentares para essa finalidade no Iphan.

Marina Lacerda, coordenadora de Registro do Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, falou sobre como acontecem os registros e as dificuldades enfrentadas para a confecção dos documentos necessários ao registro do Forró. “Nós já tínhamos anuência, tínhamos parecer de que o tema tinha relevância e que deveria seguir e nos deparamos com uma questão muito sensível: o custo de uma pesquisa antropológica é muito alto e inviabilizou o nosso trabalho”, explicou.

A autora da ideia foi Joana Alves da Silva, presidente da Associação Cultural Balaio Nordeste e do Fórum Nacional em Defesa do Forró. Em 2011, a Associação Cultural Balaio Nordeste iniciou uma mobilização para reunir forrozeiros e valorizar a cultura. Em 2015 o fruto dessas mobilizações foi encaminhado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como pedido de registro das Matrizes do Forró como Patrimônio Cultural do Brasil. Desde então, foram constituídos fóruns estaduais com objetivo de mobilizar os forrozeiros e promover espaços para o debate das questões pertinentes ao pedido.

“Esse movimento está crescendo porque tem interesse de toda comunidade de forrozeiros. Estamos em 14 estados: toda a região Nordeste, mais Rio de janeiro, Brasília e São Paulo”, explicou. Joana reforçou que os esforços agora são no sentido de garantir os recursos para viabilizar a produção do dossiê e garantir, com o registro, estrutura e fundamentos que possibilitem políticas públicas de fomento, preservação e valorização da cultura do forró.

Roberto Tavares critica mudanças no setor de saneamento em evento na Fiesp

A minuta de Medida Provisória proposta pelo governo federal que modifica as regras de organização do saneamento básico no país foi duramente criticada pelo presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe), Roberto Tavares, que também responde pela presidência da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), durante evento realizado ontem (13), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Tavares foi um dos palestrantes do workshop, que tinha como tema central o debate sobre as mudanças propostas pelo governo federal sobre a nova regulamentação do saneamento. Ele reafirmou que o setor defende a retirada do Artigo 10-A do novo marco regulatório do saneamento que, se incluído, beneficiará apenas os municípios considerados “filé” por serem rentáveis economicamente.

“A proposta do governo federal não busca o bem comum da nação brasileira, visa apenas abrir mercado para empresas privadas nos municípios rentáveis. Se esse artigo permanecer, os estados terão que ficar com os municípios deficitários, os rotulados como ‘osso’, que hoje dependem da política do subsídio cruzado, enquanto os privados ficarão com o ‘filé’, que são os municípios rentáveis”, alertou Roberto Tavares. O presidente da Aesbe reforça que o dispositivo do Artigo 10-A representa um risco enorme ao subsídio cruzado, medida que permite investimentos nos municípios mais pobres e o equilíbrio para as companhias terem condições de operar com uma tarifa única nas cidades do mesmo estado.

Ainda segundo o titular da Aesbe, o setor tem grande preocupação com a questão social, principalmente dos municípios mais pobres, que serão excluídos dos investimentos em abastecimento de água e esgotamento sanitário, uma vez que os empresários irão focar apenas nas regiões que podem gerar lucros. O Artigo 10-A altera a Lei nº 11.445/2007 (Política Nacional do Saneamento Básico) para obrigar os municípios a consultarem o setor privado antes de prorrogar seus contratos de concessão dos serviços de saneamento. “Essa proposta é muito preocupante, pois vai provocar uma desestruturação do setor por meio de uma entrada pulverizada do setor privado, sem ganhos em escala e separando os municípios rentáveis dos deficitários”, esclarece Roberto Tavares.

O encontro, que também foi promovido pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), contou com a presença do diretor do Departamento de Infraestrutura da Divisão de Saneamento Básico da Fiesp, João Jorge, do diretor do Sindicato Nacional das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto (SINDCON), Giuliano Dragone. Também participaram do evento o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (ABETRE), Carlos Fernandes, e o especialista em Regulação e Fiscalização de Serviços Públicos da Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR), Luiz Antônio de Oliveira Júnior.

Em reunião com produtores, Armando e Mendonça ouvem demandas do segmento de fruticultura


No primeiro dia de visita ao Sertão pernambucano, os pré-candidatos a governador Armando Monteiro (PTB) e a senador Mendonça Filho (DEM) ouviram demandas de produtores e exportadores para ampliar a produção da fruticultura do Vale do São Francisco. A reunião ocorreu na Valexport e reuniu cerca de 50 empresários. Armando relevou a intenção de abrir um canal permanente de diálogo com o setor, de forma institucionalizada, para discutir os pleitos e projetos. A visita foi acompanhada pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), o prefeito Miguel Coelho, o deputado federal Fernando Filho (DEM), entre outras lideranças da região.

“Me coloco à disposição do setor para o diálogo. Um verdadeiro governante tem que está conectado com todos os setores e com as demandas dos pernambucanos. Precisamos eleger as prioridades com clareza e trabalhar juntos. Pernambuco ficou andando de lado e só não parou por conta dos que continuaram produzindo. Mas está faltando governo. Está faltando governo na saúde, na infraestrutura, na segurança”, disse Armando Monteiro.

De acordo com o diretor da Valexport, Caio Coelho, os produtores reivindicam a manutenção de incentivos fiscais, entre eles o ICMS, como estratégia para preservar as exportações do setor. A entidade também pleiteia que o governo do Estado e a Prefeitura de Petrolina estabeleçam parceira para manutenção das estradas, como forma para melhorar o escoamento da produção. Os produtores também buscam redução das tarifas portuárias no Complexo de Suape, a aquisição de insumos para combater a mosca da fruta, entre outras ações.

Mendonça Filho afirmou que coloca sua disponibilidade como deputado federal e como pré-candidato a senador para continuar trabalhando pelo desenvolvimento do Vale do São Francisco. “Infelizmente, a gente não tem Estado para atender a saúde pública. A gente não tem a manutenção da nossa infraestrutura. Nossas estradas estão em calamidade e faltam recursos para manter nossas rodovias. E quanto a violência, um cidadão não pode ter tranquilidade dentro da sua própria casa por conta da insegurança”, colocou o democrata.

Para Jailson Lira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, os produtores do Vale do São Francisco vivem desafios na atividade econômica sem apoio do governo do Estado. “Precisamos de apoio do Estado para chegar aos mercados internos e externos. Os incentivos que o governo dá está aquém das nossas necessidades. É preciso ter no Estado pessoas que se interessem e ajudem o setor. O Estado não tem nos olhado tão bem como deveria”, cobrou o dirigente. A Valexport é uma entidade que representa produtores e exportadores e gera cerca de 50 mil empregos no Vale do São Francisco. Somente na uva, ela é responsável por 99% da exportação da fruta no Brasil.

VISITA - Ainda em Petrolina, Armando e Mendonça visitaram o bispo Dom Francisco Canindé, responsável pela Diocese de Petrolina. Também acompanhados pelo senador Fernando Bezerra Coelho e o deputado Fernando Filho, os pré-candidatos discutiram a situação de Pernambuco, sobretudo na que tange à educação, entre outros temas.

Convite do Deputado André de Paula

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Câmara aprova MP que criou o Ministério da Segurança Pública


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (13) a Medida Provisória 821/18, que cria o Ministério da Segurança Pública para absorver atribuições relacionadas ao tema que estavam vinculadas ao Ministério da Justiça. A proposta será enviada ao Senado.

Cabe ao Ministério da Segurança Pública coordenar a integração com os outros entes federativos (Distrito Federal, estados e municípios) nessa área, além de planejar e administrar a política penitenciária nacional.

A MP foi aprovada na forma do projeto de lei de conversão do senador Dário Berger (MDB-SC), que detalha outras atribuições, como a criação de uma escola superior de altos estudos sobre a temática em instituição federal já existente.

O novo ministério, que na redação original da MP era extraordinário, ou seja, temporário, passa a ser permanente e deverá articular-se também com os órgãos e as entidades de coordenação e supervisão das atividades de segurança pública. Poderá ainda propor a esses órgãos planos e programas integrados de segurança pública, desenvolvendo uma estratégia comum por meio de gestão e integração tecnológica para troca de informações.

Todos os órgãos federais de policiamento ficarão sob a jurisdição do novo ministério: polícias federal, rodoviária federal e ferroviária federal. A organização e manutenção das polícias do Distrito Federal ficará com a nova pasta, à qual caberá também a defesa dos bens da União, a função de ouvidoria das polícias federais e a política de organização e fiscalização das guardas portuárias.

Instituto

A votação foi viabilizada após um acordo entre os partidos para retirar trecho do texto sobre o desmembramento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O projeto de lei de conversão prevê a criação do Instituto Nacional de Estudos sobre Segurança Pública (Inesp), com natureza jurídica de fundação pública. Um destaque do PT retirou do texto a criação por desmembramento do Ipea. Assim, a estrutura do instituto de pesquisa não será alterada, e a criação do novo instituto dependerá de outra lei.

Cargos

Para a criação dos cargos de ministro e de secretário-executivo, são extintos 19 cargos em comissão DAS-1. Até 1º de agosto de 2019, a requisição de servidores para o Ministério da Segurança Pública não poderá ser recusada, a exemplo do que ocorre com as requisições feitas pela Presidência da República.
A estrutura do órgão contará com 157 cargos da inventariança da antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA), que eram temporários e serão convertidos em permanentes. Serão 56 cargos DAS-1; 36 cargos DAS-2; 30 DAS-3; 25 DAS-4; 9 DAS-5; e 1 DAS-6.

Forças Armadas

Outra novidade no relatório de Dário Berger é a permissão para que o ministro da Segurança Pública, após entendimento com o ministro da Defesa, solicite ao presidente da República o uso de militares das Forças Armadas.

Polícia do DF

Um tema incluído pelo relator e que não fazia parte do objeto original da MP é a disciplina de regras para a cessão de policias e bombeiros militares do Distrito Federal e policiais civis do DF para exercício em órgãos do governo do Distrito Federal ou da União.

No caso dos servidores militares, eles poderão ser cedidos somente após cinco anos de efetivo serviço na corporação, e o total de cessões será limitado a 5% do efetivo.

Se o servidor for cedido a órgãos como a Presidência da República, aos ministérios da Justiça ou Segurança Nacional ou ao governo do Distrito Federal, isso será considerado de interesse policial militar, resguardando todos os direitos e vantagens da carreira.

O ônus do pagamento da remuneração ficará com a corporação que ceder o profissional se for para órgão da União, para o Tribunal de Justiça do DF ou para determinados órgãos do governo distrital, como Justiça Militar, Casa Militar, Defesa Civil, Secretaria de Segurança e vice-governadoria.

De maneira geral, a cessão é considerada como exercício de função de natureza ou interesse policial militar, o que pode ser refletido no tempo necessário para a reforma.

Para o policial civil, os órgãos para os quais esses servidores poderão ser cedidos são semelhantes aos dos policiais militares, exceto aqueles relacionados à área militar.

Igualmente são resguardados os direitos e vantagens em cessões para determinados órgãos federais e distritais, e a cessão somente poderá ocorrer depois do estágio probatório, de três anos.


Com acordo entre os partidos, dois destaques do PT foram aprovados para retirar do texto a restrição para cessão, a diversos órgãos federais e distritais, de policiais civis, policiais militares e bombeiros militares do Distrito Federal apenas para o exercício de cargo ou função correlata às atividades de sua carreira. (Agência Câmara Notícias)

Pastor Eurico conquista comando do PATRIOTA de Pernambuco


O deputado federal pernambucano, Pastor Eurico, em reunião da Executiva Nacional do Patriota, acertou o seu comando na presidência do partido em Pernambuco, além disso, o parlamentar foi aceito, por unanimidade, no Conselho Consultivo Nacional da legenda. 

Com uma carreira política em ascensão no estado de Pernambuco, Pastor Eurico viu sua votação aumentar de 185.870, em 2010, para 233.762 votos, nas eleições de 2014, tornando-se o segundo deputado federal mais votado do Estado, empenhando a bandeira da família, contra a corrupção e em favor do meio ambiente. 

Com esse histórico de vitórias, a expectativa é de que o Patriota possa crescer em Pernambuco sob o comando do deputado, sobre tudo com o foco de conquistar metas para a quebra das cláusulas de barreira, condição imposta pela legislação pertinente.

Figura respeitada entre os pares na Câmara Federal e reconhecido em todo país, Pastor Eurico contribuirá também com os projetos do Patriota, sobretudo na região Nordeste, com o seu bom trânsito com figuras importantes da legenda, a exemplo do presidente nacional do partido, Adilson Barroso e do deputado federal Cabo Daciolo, que também é membro do Conselho Consultivo Nacional da agremiação.

HOJE: Eduardo da Fonte e Alessandra Vieira no Cidade em Foco


A pré-candidata a deputada estadual pela oposição, Alessandra Vieira PSDB, e o deputado federal Eduardo da Fonte PP, são os principais entrevistados desta quinta-feira (14) do “Cidade em Foco”. O programa vai ao ar às 11 horas da manhã, na Rede Agreste de Rádio: Rádio Farol FM 90.5, Rádio Vale do Capibaribe AM 1.370, Rádio Cambucá FM e Rádio Filadélfia FM 104.9 MHZ. Comandado Por Jairo Gomes, Alberes Xavier e equipe e é transmitida ao vivo pela internet: www.filadelfiafm.net

Romário Dias intermedeia diálogo com o MPPE


O deputado estadual Romário Dias (PSD) recebeu, nesta quarta (13), o presidente da Associação do Ministério Público de Pernambuco (AMPPE), promotor Roberto Brayner, para tratar do Projeto de Lei Nº 1984/2018, que altera a organização, atribuições e Estatuto do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e está em tramitação na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O PL tem gerado discordâncias internas por diferir do projeto proposto e aprovado em assembleia geral dos associados.

“Não estamos favoráveis a uma parte ou a outra. Nosso objetivo é construir o caminho do diálogo para que o impasse seja resolvido da melhor forma possível”, afirma Dias, que recebeu, em seu gabinete na Alepe, o presidente da AMPPE juntamente com a 1ª vice-presidente da associação, promotora Ivana Botelho.

De acordo com Brayner, a AMPPE busca “um caminho consensual” entre o aprovado pela classe e o projeto enviado à Casa pelo Procurador-Geral de Justiça, “preservando o ambiente de diálogo dentro da instituição”. “A associação propõe composição paritária do Conselho Superior do Ministério Público, sendo três promotores e quatro procuradores, todos eleitos pela classe. O Procurador-Geral propõe que todas as cadeiras possam ser ocupadas por promotores, também com voto direto, e, dentre estes, que seja escolhido o Corregedor Geral. Atualmente, o Corregedor Geral deve ser um membro que atua na segunda instância”, explica.

Nesta terça (12), a proposta foi distribuída na Comissão Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ). Logo após a reunião do colegiado, o deputado debateu o PL com o secretário geral adjunto do MPPE, procurador Gustavo Lima, e com os procuradores Eleonora Luna e Charles Hamilton. Ainda na terça, Dias também recebeu o secretário geral do MPPE, promotor Alexandre Augusto Bezerra, para discutir a proposta.

O PL Nº 1984/2018 foi publicado no Diário Oficial do Poder Legislativo no último dia 06. Além da CCLJ, a proposta está tramitando nas comissões de Finanças, Orçamento e Tributação; e Administração Pública.