terça-feira, 30 de agosto de 2016


HUMBERTO DIZ QUE "INDECISOS ESTÃO COLHENDO INFORMAÇÕES"


Líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse acreditar "sinceramente" que os senadores indecisos estão colhendo informações de maneira que podem votar a favor de presidente eleita Dilma Rousseff no processo de impeachment; "Quem estiver indeciso deve estar acumulando informações", afirmou

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse acreditar "sinceramente" que os senadores indecisos estão colhendo informações de maneira que podem votar a favor de presidente eleita Dilma Rousseff no processo de impeachment. "Quem estiver indeciso deve estar acumulando informações", disse Humberto.

Humberto avalia que inicialmente a oposição optou por um caminho técnico de questionamentos, o que faz com que Dilma seja obrigada a responder as perguntas de maneira mais objetiva. "Agora vamos trazer os temas políticos e que ela reafirme o que foi colocado no discurso inicial", observou.

Humberto também disse que os senadores  que questionaram o uso da palavra "golpe"por Dilma deveriam pensar melhor sobre o assunto. "Se eles querem impedir que a palavra golpe seja dita vão precisar calar a imprensa internacional, calar parte da imprensa local, calar manifestantes, calar boa parte dos brasileiros", disparou.

MST BLOQUEIA RODOVIA DE PE CONTRA O IMPEACHMENT


Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou, em Pernambuco, uma série de bloqueios de rodovias, nos últimos dias de julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff (PT), no Senado; manifestação na BR-232, no município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR), interrompeu o tráfego por cerca de uma hora e meia; Jaime Amorim, da direção estadual do MST, afirma que o protesto é "contra o golpe em curso no país"; MST programa novos bloqueios para esta segunda-feira e terça-feira

Sumaia Villela, correspondente da Agência Brasil - O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou, em Pernambuco, o que a organização anuncia ser uma série de bloqueios de rodovias, nos últimos dias de julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff (PT), no Senado. Uma manifestação na BR-232, no município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR), interrompeu o tráfego por cerca de uma hora e meia.

A manifestação começou por volta de 8h30, e a liberação da via ocorreu às 10h, aproximadamente. Os dois sentidos da BR-232 foram bloqueados com galhos e fogo. De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Corpo de Bombeiros trabalha no local para limpar a pista e liberar completamente o trânsito.

Jaime Amorim, da direção estadual do MST, afirma que o protesto é "contra o golpe em curso no país". Ele acredita que o impeachment não vai ser concretizado no Senado, mas diz que a entidade vem se preparando para o quadro inverso. "Nós vamos continuar fazendo a luta, tem programado manifestação no Brasil inteiro, greve geral", diz.

O dirigente anuncia que ainda estão programados novos bloqueios para esta tarde e para amanhã. Ainda nesta manhã há previsão de uma manifestação na BR-408, próximo ao municípío de Petrolina, mas a PRF afirma que ainda não há registro de movimentação na região.

Diogo Moraes participa de atos de campanha no Agreste


O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) participou, durante este final de semana, de eventos das campanhas de aliados em Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, no Agreste Setentrional, e São Joaquim do Monte, no Agreste Central. Na última sexta-feira (26), Diogo Moraes acompanhou uma grande passeada com o prefeito e candidato à reeleição em Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), que também contou com a participação do candidato a vice Dida de Nan (PSB). À noite, um ato de campanha foi realizo na Rua Biu de Deda.

No local, o deputado destacou as ações realizadas no município pela atual gestão. “A maior obra da história de Santa Cruz do Capibaribe já está com mais da metade de sua extensão duplicada, que é a PE-160”, lembrou. O deputado ainda citou o empenho do grupo para viabilizar a Adutora do Pirangi. No ato, o candidato a vice-prefeito Dida de Nan fez um balanço da campanha e vibrou ao anunciar uma importante adesão ao grupo. “Tive o prazer de andar em várias ruas e lá em Poço Fundo foram 23 famílias que vieram para o nosso lado”, contou. 


No domingo, Diogo participou, ao lado da chapa majoritária, de um comício na tradicional Avenida 22 de Abril. Com a rua lotada de militantes, o prefeito Edson Vieira agradeceu a presença da população. “Como não se emocionar em ver no domingo à noite esse mar de gente? Essa é a prova de que o povo de Santa Cruz está do nosso lado”, discursou

TAQUARITINGA DO NORTE

Na noite do sábado (27), Diogo Moraes visitou o distrito de Gravatá do Ibiapina, em Taquaritinga do Norte, onde participou da passeata e do comício ao lado da chapa Calabar, com Lero e Gena, candidatos a prefeito e vice-prefeito respectivamente. “Fico feliz com essa belíssima demonstração de que nós iremos ganhar essa eleição. Nós iniciamos há 16 anos o resgate de Taquaritinga do Norte”, disse Diogo, que ainda citou avanços obtidos pelo grupo, como o acesso a Gravatá do Ibiapina, que contou com apoio da ex-deputada federal Ana Arraes, e a chegada da telefonia móvel. “Estamos representando 21 municípios de Pernambuco e tenho certeza que seremos vitoriosos na maioria”, disse o deputado.

SÃO JOAQUIM DO MONTE

No domingo, a agenda de Moraes teve início no município de São Joaquim do Monte. O parlamentar participou de caminhada com o prefeito e candidato à reeleição Joãozinho Tenório e Dr. Abrantes, que disputa a vice. Na cidade, Diogo falou das conquistas na gestão de Joãozinho e citou a reforma do hospital, que contou com a emenda de sua autoria, o sistema simplificado de distribuição de água, o matadouro regional e a cobertura de telefonia celular. “Agora temos um ministro, o nosso deputado federal Bruno Araújo, que quando tomou posse me mandou escolher quatro municípios para  implantar o Minha Casa Minha Vida e tirar o povo do aluguel”, finalizou.

RUBINHO NUNES DECLARA APOIO À CANDIDATURA DE SANTOS DE JOSA


BREJO DA MADRE DE DEUS- O empresário Rubinho Nunes (PCdoB) decidiu abraçar de vez o projeto político da terceira via em Brejo da Madre de Deus, e declarou apoio à chapa de Santos e Israel, candidatos a prefeito e vice pelo Partido Verde. A decisão foi oficializada em uma reunião que aconteceu na sede do município na noite desta quinta-feira (25).

Rubinho Nunes vem com seus familiares, amigos e grande parte de seus correligionários fortalecer a campanha de Santos, que por sua vez, comemora a adesão que já era bastante aguardada.

“Muita gente cobrava que essa união acontecesse e graças a Deus aconteceu. A vinda de Rubinho vem fortalecer o nosso projeto de mudança que estamos defendendo para o Brejo. Já estou absorvendo muitas ideias que Rubinho tinha projetado para o futuro da nossa cidade, principalmente na área do turismo”, falou Santos.

Candidatura de Santos ganha peso após a declaração do apoio de Rubinho

Pregando respeito à população brejense Rubinho explicou ao Blog Estação Notícias os motivos que o levaram a apoiar Santos.

“Todos sabem que não aceito de jeito nenhum o projeto de Edson Vieira e Bruno Araújo aqui em Brejo, isso me refiro aos candidatos que foram indicados pelo prefeito, e também não tenho condição nenhuma de votar em Roberto Asfora. Sei que faço neste momento a melhor escolha em apoiar Santos nesta eleição. O conheço desde pequeno, e assim como eu, é homem do campo, foi um arraesista, tem respeito pela população brejense e tem um projeto próprio sem ninguém por trás o manipulando. Foi em respeito à população brejense que tomei esta decisão e farei o que eu puder para ajuda-lo”, esclareceu Rubinho Nunes.

Outra adesão ao grupo de Santos foi do senhor Zezinho Peteleco do distrito São Domingos. Zezinho já foi secretário de Obras do Brejo da Madre de Deus no início do segundo mandato do governo do atual prefeito Dr. Edson.

Do Estação Notícias

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

DATA FOLHA: LULA É O MAIS INFLUENTE EM RECIFE


Pesquisa Data Folha aponta o ex-presidente Lula como o político mais influente na eleição para à Prefeitura de Recife; além dele, foram apresentados os nomes do governador Paulo Câmara (PSB) e o do interino Michel Temer (PMDB); 30% dos eleitores entrevistados responderam que votariam no candidato que recebesse o apoio de Lula; 14% no de Câmara e apenas 6% no de Temer; o peemedebista lidera com 73 % quando os entrevistados são perguntados sobre em quem “não votaria de jeito nenhum”

Pernambuco 247 – Novos números da pesquisa Data Folha foram divulgados neste sábado (27) e colocam o ex-presidente Lula (PT) como o político com a maior capacidade de influenciar na decisão do eleitor de Recife sobre em qual candidato votar na eleição municipal.

Além do ex-presidente, a pesquisa apresentou os nomes do o atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o do presidente interino da República, Michel Temer (PMDB). 30% dos eleitores disseram que votariam, com certeza, no candidato que recebesse o apoio de Lula. Os índices de Câmara e de Temer foram, respectivamente, de 14% e 6%. Pesquisa também perguntou aos eleitores em quem "talvez votariam" e em quem "não votariam de jeito nenhum".

O Data Folha ouviu 815 eleitores nos dias 23 e 24 de agosto. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de São Paulo. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de três pontos para mais ou para menos e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o protocolo PE-02911/2016.

Leia abaixo os números da pesquisa Data Folha:

 Levaria a escolher esse candidato com certeza:
- Apoio de Lula: 30%
- Apoio de Michel Temer: 6%
- Apoio de Paulo Câmara: 14%

Talvez faça votar nesse candidato:
- Apoio de Lula: 15%
- Apoio de Michel Temer: 15%
- Apoio de Paulo Câmara: 29%

Não votaria de jeito nenhum no candidato com:
- Apoio de Lula: 52%
- Apoio de Michel Temer: 73%
- Apoio de Paulo Câmara: 50%

Outras respostas:
- Apoio de Lula: 1%
- Apoio de Michel Temer: 2%
- Apoio de Paulo Câmara: 3%

Não sabe:
- Apoio de Lula: 2%
- Apoio de Michel Temer: 4%
- Apoio de Paulo Câmara: 4%

Essa mesma pesquisa apresenta o petista João Paulo Daniel com 32% das intenções de voto, Geraldo Júlio (PSB) tem 28%, o tucano Daniel Coelho tem 10%. Com 6% aparece Priscila Krause (DEM), Edilson Silva (PSOL), 3%, e Carlos Augusto (PV) tem 1%.  Brancos e nulos, 13%,

Debaixo de chuva, comício Calabar leva multidão a Gravatá do Ibiapina.


O tradicional grupo Calabar, que este ano terá os empresários Lero (PR) e Gena Lins (PSB) como candidatos a prefeito e vice respectivamente, deu mais uma demonstração de força na noite deste sábado (27), onde lotou as ruas do distrito de Gravatá do Ibiapina, numa manifestação sem precedentes onde nem a chuva que deu o ar da graça conseguiu diminuir o entusiasmo da multidão que se fez presente e evidenciou que o grupo caminha a passos largos para obter a sua quinta vitória consecutiva nas urnas. 

Desde as primeiras horas da noite, pessoas dos mais variados recantos do município já invadiam as ruas formando um grande mosaico vermelho, que se agigantou mais ainda quando todos seguiram numa grande caminhada pelas principais ruas do distrito, que foi contemplado no governo Evilásio e Lero com o asfalto ligando a BR-104, com um moderno PSF, com um ginásio esportivo que se encontra em fase de conclusão e também com várias ruas pavimentadas.

Após a caminhada teve início o comício onde os candidatos a vereador, o Deputado Estadual Diogo Moraes, o ex-prefeito Zeca, a vereadora Cíntia (PC do B), o prefeito Evilásio e outras lideranças fizeram uso da palavra para uma animada platéia que encarou a chuva e reeditou o sucesso do evento de Pão de Açúcar da semana anterior.


Diogo Moraes destacou em seu discurso os avanços e as conquistas do governo Calabar para o distrito. “Eu ainda não era deputado e nem Evilásio e Lero já tinham pleiteado o asfalto do acesso de Gravatá do Ibiapina e encampei esta luta junto a deputada Ana Arraes e a promessa de mais de 40 anos de nossos adversários se tornou realidade, graças ao empenho deste grupo que mudou a cara de Taquaritinga do Norte e a vida de nosso povo para melhor”, destacou o parlamentar.

Já o candidato a vice Gena Lins, não poupou críticas ao discurso do adversário. “Eles falam em mudança, mais que mudança é essa? Mudar para voltar o lixo nas ruas, a escuridão, o calote em funcionários, as perseguições? A verdadeira mudança é a que foi iniciada por Zeca e Lulu e que nosso povo respaldou nas urnas em 2004, 2008, 2012 e vai continuar comigo e Lero em 2016. A mudança se chama ruas pavimentadas, saneamento, acesso asfaltado, ginásio esportivo, PSF moderno, a mudança se chama trabalho e isso nosso grupo fez, faz e fará muito mais!”.

Encerrando o evento, Lero destacou as conquistas do grupo Calabar para Gravatá e reafirmou o compromisso em continuar trabalhando pelo desenvolvimento do distrito. “O povo de Gravatá do Ibiapina não se arrependeu de ter votado em Evilásio e Lero e tenho plena certeza que não irá se arrepender de votar agora em mim e Gena. Venho aqui assumir compromissos com o nosso povo, pois precisamos avançar ainda mais! Vamos investir na cultura, nos esportes, na educação, na saúde, pois temos conhecimento das necessidades de novo povo. Façam comparações, comparem os nossos governos com os adversários e vejam quem fez mais por nossa terra! Se esses que querem ser a novidade fossem bons não teriam perdido duas reeleições!”, destacou Lero que enfrentará nas urnas o ex-prefeito e vereador Jânio Arruda (PSD) que foi derrotado pelo grupo em 2000, 2004 e 2008 e seu companheiro de chapa Milton Cícero, foi derrotado em 2012 e também o auditor fiscal Pedro Junior (PDT), que foi candidato a vereador em 2004 e não conseguiu se eleger. (Por Blog do Elisberto Costa)

Curtinhas do Edmar

Polêmica – Opositores do prefeito Geraldo Julio quiseram criar uma polêmica a respeito do diploma do socialista apresentado no guia eleitoral. A equipe de comunicação do prefeito em vez de colocar o verdadeiro diploma colocou um outro apenas para teste, que acabou sendo veiculado. Geraldo mostrou nas redes sociais o verdadeiro diploma e reconheceu o equívoco da sua equipe.

Proibição – O juridico de Tony Gel (PMDB) conseguiu uma liminar no intuito de proibir Jorge Gomes (PSB) de associar o nome de Neguinho Teixeira ao peembebista. Atrás nas pesquisas na disputa pela prefeitura de Caruaru, o socialista estava utilizando exaustivamente inserções que denegriam a imagem de Tony por conta de ter renunciado em 2008 para ser candidato a vereador e dar lugar ao então presidente da Câmara, que posteriormente acabaria sendo preso.

Fred Ferreira – Candidato apoiado pelos deputados André Ferreira (PSC) e Anderson Ferreira (PR), Fred Ferreira herdou o jingle de André, que por três vezes conseguiu atingir expressivas votações por conta do “15615”. A expectativa do meio político é que Fred possa suplantar a marca dos dez mil votos, sendo um dos mais votados do Recife em outubro.

Claucione – A coligação formada por PSDB e PSB em Jabotão dos Guararapes para vereador deverá eleger em outubro pelo menos seis parlamentares. Dentre os possíveis eleitos, uma das maiores apostas é o nome de Claucione Lemos, que tem sido a representante da causa animal na disputa no município. Nas eleições passadas a causa animal elegeu um vereador no Recife com mais de cinco mil votos.

RÁPIDAS

Camaragibe – O crescimento da candidatura de Meira a prefeito de Camaragibe pode ser observado a olhos vistos. A aliança entre Meira e Nadegi Queiroz permitiu o fortalecimento do projeto para desbancar o prefeito Jorge Alexandre, que após a operação Blacklist da Polícia Federal, está com a imagem bastante arranhada na cidade.

Eleição – Com 35% das intenções de votos válidos no Datafolha, ficando atrás de João Paulo que tem 40%, a ordem na campanha do prefeito Geraldo Julio é virar o jogo nos próximos dez dias e ampliar a vantagem na reta final da campanha para liquidar a fatura logo no primeiro turno.

Inocente quer saber – João Mendonça vai colocar quem para substituí-lo na disputa pela prefeitura de Belo Jardim?

Por Edmar Lyra
Jornalista político, editor do Blog Edmar Lyra e comentarista do Cidade em Foco.

sábado, 27 de agosto de 2016

AGENDA DA COLIGAÇÃO MUDA TAQUARITINGA DO NORTE


COMISSÃO DA VERDADE: EUA FINANCIARAM OPOSIÇÃO E GOLPE CONTRA JANGO


Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara divulgou arquivos inéditos de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada em 1963 pelo Congresso Nacional para investigar o uso de recursos internacionais no financiamento de candidaturas de oposição ao então presidente da República João Goulart; de acordo com a Comissão, os recursos disponibilizados pelo Ibad – uma organização da sociedade civil – aos candidatos tinham origem nos Estados Unidos e faziam parte dos planos para depor João Goulart, fato que se concretizou dois anos depois com o golpe

Sumaia Villela, correspondente da Agência Brasil - Os arquivos inéditos de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada em 1963 pelo Congresso Nacional para investigar o uso de recursos internacionais no financiamento de candidaturas de oposição ao então presidente da República João Goulart estão disponíveis para consulta na internet a partir de hoje (26).

O lançamento do projeto que torna pública a investigação do caso ocorreu nesta sexta-feira, no Recife, pela Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara. Além de disponibilizar toda a documentação na internet, a organização lançou o quinto caderno da Memória e da Verdade com o título Interferênca do Capital Estrangeiro nas Eleições do Brasil, onde compila os 17 volumes da CPI.

A investigação do Congresso Nacional tratou do financiamento, em escala nacional pelo Instituto Brasileiro de Ação Democrática (Ibad), de candidatos ao parlamento e ao governo de Pernambuco nas eleições de 1962, as últimas antes do golpe civil-militar de 1964. Apesar de não ser alvo da CPI, o Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (Ipes) também foi apontado como financiador das campanhas de políticos de oposição à esquerda e a Goulart.

De acordo com a Comissão Estadual da Verdade, os recursos disponibilizados pelo Ibad – uma organização da sociedade civil – aos candidatos tinham origem nos Estados Unidos. "A atuação do Ibad e do Ipes era financiada por empresas multinacionais, coordenada pelo governo norteamericano", afirma Henrique Mariano, secretário-geral da comissão. Os dirigentes da entidade, ainda de acordo com a comissão, trabalhavam como agentes da Agência Central de Inteligência (CIA).

O caderno traz ainda a tese de que o financiamento das campanhas fazia parte dos planos traçados para depor o então presidente da República, João Goulart, fato que se concretizou dois anos depois com o golpe. "O valor histórico desse documento também comprova que o golpe militar ocorrido em março de 1964 não foi um ato isolado, foi pensando, financiado, e a atuação desse grupo do Ibad vem desde 1961. Então, desde que houve a ascensão do presidente João Goulart esse golpe já estava sendo gestado por muitos segmentos", defende Mariano.

Miguel Arraes

O então relator da CPI, deputado federal Pedro Aleixo (UDN), apresentou relatório denunciando os financiamentos estrangeiros e apontando para a necessidade de se dar continuidade às investigações. Essse relatório também foi publicado na íntegra no caderno. Com o golpe de 1964, no entanto, o caso nunca chegou a ser votado no Congresso e a CPI foi desmobilizada.

O então governador de Pernambuco, Miguel Arraes, foi um dos depoentes que denunciaram a interferência do capital estrangeiro nas eleições. À época, ele apresentou documentos que comprovariam a atuação do Ibad no financiamento de seu adversário na campanha, João Cleofas de Oliveira, do Partido Republicano. O apoio da instituição não foi suficiente para vencer Arraes, que sagrou-se governador em 1962. O depoimento do político também consta na íntegra na publicação.

Presente no lançamento, o governador Paulo Câmara disse que o livro mostra a atuação de Arraes em defesa do Estado democrático. "Com certeza é uma contribuição para a nossa democracia, e para mostrar o trabalho de grandes brasileiros, como o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes, que lutaram muito por democracia e tiveram direitos políticos cassados. Hoje a gente faz uma justa homenagem a ele por tudo o que ele fez e representou pra a democracia".

Os documentos da CPI foram entregues à comissão estadual da verdade em 2014 pelos deputados federais Pedro Eugênio (PT) – já falecido – e Luiza Erundina (PSB). Até então eles permaneciam inéditos e, segundo Henrique Mariano, secretário-geral da comissão, "configurados quase como um segredo de estado".

Herói da pátria

No lançamento do caderno também foi assinado um Projeto de Lei para incluir Miguel Arraes no Livro dos Heróis da Pátria. A iniciativa da inclusão é da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara e da bancada federal de Pernambuco. O ato desta sexta-feira integra as comemorações do Centenário de Arraes.

O político, de conduta progressista e aliado histórico da esquerda, foi governador de Pernambuco em 1962 até o golpe de 64, quando foi preso por se negar a renunciar ao cargo. Libertado em maio de 1965 por força de um habeas corpus, ficou exilado no Chile e na Argélia até 1979. Ao retornar, voltou à vida pública como deputado federal e ainda governador do estado por duas vezes. Arraes morreu em agosto de 2005.

O Livro dos Heróis da Pátria integra o acervo do Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, localizado em Brasília. Trata-se de um projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, inaugurado em 1986. Entre os personagens do livro estão Tiradentes, Santos Dumont e Leonel Brizola.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

CADE INVESTIGA CARTEL EM DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NO NORDESTE


Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), ligada ao Ministério da Justiça, anunciou a instauração de processo administrativo para apurar supostas práticas de cartel nos mercados de distribuição e revenda de gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, na região Nordeste; está sendo apurada, ainda, a participação de 27 pessoas físicas relacionadas a empresas e sindicato de revendedores de combustíveis e derivados em diversos estados da Região

Agência Brasil - A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), ligada ao Ministério da Justiça, anunciou a instauração de processo administrativo para apurar supostas práticas de cartel nos mercados de distribuição e revenda de gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, na região Nordeste. Está sendo apurada, ainda, a participação de 27 pessoas físicas relacionadas a empresas e sindicato de revendedores de combustíveis e derivados.

De acordo com o parecer do Cade, as práticas afetaram duas etapas sucessivas da cadeia produtiva de GLP. Há evidências de que os acusados se organizaram com o objetivo de limitar a concorrência por meio da fixação de preços e divisão dos mercados de distribuição e de revenda do produto.

Essas práticas foram complementadas por restrições impostas pelas distribuidoras às revendedoras e por trocas de informações comercialmente sensíveis, de maneira a promover a regulação artificial do mercado de GLP e facilitar a manutenção dos supostos cartéis, informou hoje (25) o Cade.

Tudo começou em 2009

O Cade destaca, ainda, que o caso teve início em 2009, com uma representação da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e, posteriormente, foram instauradas investigações pela Polícia Federal e Ministérios Públicos de vários estados da região Nordeste. Em 2010, a Polícia Federal, em parceria com a então Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça e o Ministério Público do Estado da Paraíba, deflagrou a "Operação Chama Azul", cumprindo dezenas de mandados de busca e apreensão e de prisão temporária em vários estados.

Após o ajuizamento de ação penal perante a Justiça da Paraíba, o Cade obteve o compartilhamento das provas relacionadas às supostas práticas anticompetitivas, incluindo interceptações telefônicas e documentos apreendidos nos escritórios das empresas investigadas.

Com a instauração do processo administrativo, haverá a notificação para a apresentação da defesa. Ao final da instrução, a Superintendência-Geral opinará pela condenação ou arquivamento do caso, encaminhando-o para julgamento final pelo Tribunal do Cade.

Em caso de condenação, as empresas podem pagar multas que variam de 0,1% a 20% de seus faturamentos e as pessoas físicas de 1% a 20% do valor aplicado à pessoa jurídica. As informações são do Cade.

AGENDA DA FRENTE POPULAR DE TAQUARITINGA DO NORTE


Eleições 2016: Lero participa do “Hora da Verdade”

Na manhã desta quinta-feira (25) o atual Vice Prefeito de Taquaritinga do Norte, Lero (PR) foi o entrevistado na condição de candidato a prefeito pelo radialista Neto Surubim, no programa Hora da Verdade, que vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Farol FM. Acompanhado do candidato a vice Gena Lins (PSB), do prefeito Evilásio Araújo e dos vereadores e candidatos a reeeleição Luquinha da Saúde (PTB) e Gilson Carlos (PSDB), Lero foi questionado sobre diversos temas como saúde, educação, turismo, agricultura e mostrou muita desenvoltura e amplo conhecimento dos problemas que afligem a Dália da Serra.

Respondendo com segurança e não deixando nenhuma pergunta sem resposta, Lero apresentou algumas propostas de seu plano de governo e fez uma ampla prestação de contas das gestões de seu grupo político que, desde 2000 vem comandando os destinos de Taquaritinga do Norte, após 4 vitórias consecutivas. 

Coube ao vice Gena comparar os 4 mandatos do grupo Calabar com as gestões anteriores, onde elencou um rol de obras e ações que contemplaram os quatro cantos do município e que proporcionaram a inclusão social com ações nas áreas de pavimentação, saneamento básico, apoio ao agricultor familiar, transporte escolar e outras não menos importantes que melhoraram a qualidade de vida da população.A entrevista fez parte de um ciclo onde também foram sabatinados os candidatos a prefeito Jânio Arruda (PSD) e Pedro Junior (PDT). (Por Blog do Elisberto Costa)


Curtinhas do Edmar

Debate – A convite da Rádio Cultura de Caruaru participarei do debate entre os candidatos a prefeito da cidade amanhã. O debate contará com a presença de Tony Gel (PMDB), Raquel Lyra (PSDB), Jorge Gomes (PSB) e Erick Lessa (PR), indo ao ar a partir das 9:30 até o meio-dia, sendo retransmitido pela Nova FM e pela TV Criativa.

Jorge Alexandre – O meio político de Pernambuco tem considerado a situação do prefeito de Camaragibe Jorge Alexandre (PSDB) complexa na busca pela reeleição após a Operação BlackList da Polícia Federal, que foi deflagrada recentemente na cidade. O discurso de bom gestor do tucano acabou indo por água a baixo.

Fernando Monteiro – O deputado federal Fernando Monteiro (PP) tem se dedicado bastante na ampliação das suas bases para 2018. Fernando tem percorrido vários municipios de Pernambuco com o objetivo de fortalecer os projetos de seus aliados nas eleições deste ano. O deputado progressista já ganhou relevância em Brasília mesmo exercendo seu primeiro mandato, agora a ordem é ampliar seu lastro eleitoral.

Atletas – O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) subriu à tribuna do Plenário da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (24), para homenagear os atletas olímpicos e paralímpicos que tão bem têm representado Pernambuco. O parlamentar salientou o quanto os pernambucanos são vitoriosos por contar com 16 representantes nos Jogos Olímpicos Rio 2016, mais seis nos Jogos Paralímpicos, independentemente da conquista de qualquer medalha.

RÁPIDAS

Impugnado – O atual prefeito de Belo Jardim e candidato à reeleição pelo PSD, João Mendonça, teve a sua candidatura impugnada pelo juiz Renato Dibachti Inácio Oliveira, da 45ª Zona Eleitoral de Belo Jardim. A justiça eleitoral impugnou também a candidatura do vice de Mendonça, Luís Carlos Bezerra da Silva (PSB).

Prazo – O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) prorrogou, hoje, por mais 15 dias, o prazo para o envio da defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, dentro do processo que aponta possíveis irregularidades nas contas do governo de 2015. O prazo se encerrou na terça (23) mas, com a decisão, agora os documentos podem ser enviados à corte até 8 de setembro.

Inocente quer saber – A campanha eleitoral no Recife continuará morna?

Por Edmar Lyra
Jornalista político, editor do Blog Edmar Lyra e comentarista do Cidade em Foco.

Governador Flávio Dino (MA) participará do lançamento do comitê de Luciana em Olinda

O governador do Maranhão, Flávio Dino virá ao lançamento do comitê de campanha da deputada federal Luciana Santos, nesta sexta-feira (26) em Olinda. A inauguração ocorrerá a partir das 18h, na sede localizada na Rua Manuel Borba, 431, no bairro do Carmo, próxima à Praça do Jacaré. O local servirá como ponto de encontro para a militância e também auxiliará os olindenses que quiserem saber mais sobre as propostas da candidata. Flávio chegará ao Recife pela tarde, onde terá reuniões às 15h na SUDENE e às 17h com o governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara.

A candidatura de Luciana tem Álvaro Ribeiro como vice e faz parte da coligação Olinda Frente Popular, formada pelos partidos PCdoB, PSD, PDT, PP, PRTB e PSDC. O programa de governo traz propostas orientadas pelas diretrizes de cuidar, inovar e avançar. É cuidar do que já foi feito e de sua gente, inovar na maneira de ver os problemas e buscar novas soluções e é avançar para construir uma Olinda que pode ainda mais.

SERVIÇO

Inauguração do Comitê 65 Sexta-feira - 26/08 A partir das 18h Rua Manuel Borba, 431 Próximo a Praça do Jacaré

MORTE DE INVESTIGADO PELA OPERAÇÃO TURBULÊNCIA CONTINUA SEM EXPLICAÇÕES


Morte do empresário Paulo César Morato, apontado pela Operação Turbulência como suspeito de ser o operador de um esquema que movimentou R$ 600 milhões e que teria financiado campanhas do PSB em Pernambuco, continua sem explicações dois meses após o corpo ser encontrado em um motel de Olinda; Polícia Civil ainda não conseguiu afirmar se o empresário se matou ou se foi assassinado; operação investigava esquema de empresas de fachada ligado à compra do avião Cesna Citation utilizado por Eduardo Campos (PSB) no dia de sua morte

Pernambuco 247 - A morte do empresário Paulo César Morato, apontado pela Operação Turbulência como suspeito de ser o operador de um esquema que movimentou R$ 600 milhões e que teria financiado campanhas do PSB em Pernambuco, continua sem explicações dois meses após o corpo ser encontrado em um motel de Olinda, na Região Metropolitana do Recife. Após uma série de erros e controvérsias, a Polícia Civil de Pernambuco ainda não conseguiu afirmar se o empresário se matou ou se foi assassinado.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), o caso está sob responsabilidade da delegada Gleide Ângelo, que possui autonomia sobre as investigações. "Qualquer manifestação sobre o caso será realizada por ela, desde que assim entenda oportuno e conveniente", informou a SDS ao portal G1 Pernambuco.

A Operação Turbulência foi deflagrada no último dia 21 de junho pela Polícia Federal com o objetivo de investigar um esquema de empresas de fachada ligado a compra do avião Cesna Citation utilizado pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB) no dia em que um acidente aéreo matou o então candidato à Presidência da República e outras seis pessoas em agosto de 2014.

Morato, que foi encontrado morto em um motel no dia 22 de junho, foi um dos cinco indiciados pela Polícia Federal como integrante do esquema que teria movimentado R$ 600 milhões. A suspeita é que parte dos recursos tenha sido empregado em campanhas políticas do ex-governador Eduardo Campos e outros políticos do PSB.

A polêmica envolvendo as investigações começou logo após o corpo ser encontrado. No dia 30 de junho, um laudo apontou a causa da morte como sendo envenenamento por um organofosforado, conhecido por "chumbinho", utilizado para matar ratos, um veneno usado para matar ratos. A circunstância do óbito, porém, não foi informada.

No início de julho, uma nova perícia foi feita no motel e as imagens das câmaras de segurança foram requisitadas. Após a conclusão do inquérito, a PF indiciou 18 pessoas, incluindo quatro empresários pernambucanos que atualmente estão presos no presos no Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel), na Região Metropolitana.

Em agosto a Justiça federal apresentou denúncia contra 18 dos 20 indiciados pelos crimes de lavagem de dinheiro originário do superfaturamento de obras públicas e pelo pagamento de propinas a agentes políticos e funcionários públicos.

Segundo as investigações, Morato era responsável pela empresa fantasma Câmara & Vasconcelos Locação e Terraplanagem Ltda, que teria recebido cerca de R$ 19 milhões da empreiteira OAS em recursos desviados de obras públicas e em seguida repassado o dinheiro utilizado para a compra do avião usado por Campos.

Na época da perícia no motel, os papiloscopistas acusaram a SDS de interferir no trabalho, o que teria atrapalhado a coleta de provas necessárias para apurar as circunstâncias da morte de Morato. As polícias Civil, Federal e Científica, no entanto, descartaram a possibilidade de interferências externas ou erros processuais.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

DAQUI A POUCO: Dr. Iron Miranda Anjos Miranda no Cidade em Foco!


O Promotor de Justiça Eleitoral Dr. Iron Miranda, é o entrevistado do Cidade em Foco desta quinta-feira, programa que é apresento pelas Rádios Filadelfia FM 104.9, Vale do Capibaribe 1.370 AM, Colinas 104.9 FM e Farol FM 90.5 das 10:30 12:00 hs, tendo como apresentador Alberes Xavier e equipe e é transmitido pela Interne.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Fazendo história


A associação dos agricultores de Serra dos Bois faz história e contribui com a nossa democracia, um exemplo foi o convite oficializado pelo presidente Adão Aragão, aos candidatos a prefeito do município, para serem sabatinados pelos moradores da comunidade, no ultimo domingo a comunidade recebeu o candidato Ivanildo  Mestre, Lero, junto com o candidato a vice Gena Lins que compareceram  no horário  marcado cumprindo assim com o compromisso assumido, na ocasião, Lero apresentou suas propostas de governo e ouviu as reivindicações do publico presente, um momento impar para a comunidade tirar suas conclusões a respeito de cada candidato. No próximo domingo dia 21, as 15 horas, será a vês do candidato Pedro Junior e no domingo 28 é vês do candidato Jânio Arruda.


Mais Médicos corre risco de perder profissionais cubanos, alerta Humberto

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), defendeu que a Medida Provisória nº 723/2016, enviada ao Congresso Nacional, em abril, pela presidenta Dilma Rousseff, seja votada urgentemente pelo Senado Federal. A MP, que prorroga por três anos o prazo de atuação dos médicos do programa Mais Médicos contratados por meio de intercâmbio, tem validade até o próximo dia 29 de agosto e só foi aprovada pela Câmara dos Deputados na noite dessa segunda-feira (22).

Os profissionais diretamente beneficiados são os cubanos que estão atuando no Brasil por intermédio de uma parceria do Governo Federal com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

Para Humberto, essa é uma MP extremamente importante para a população mais carente. “Antes do Mais Médicos, tínhamos uma grande parcela de pessoas que viviam à margem dos seus direitos básicos, sem receber nenhum tipo de atendimento médico. Agora, com esse programa, 63 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados. E os cubanos têm grande responsabilidade nesse sucesso, pois representam mais de 60% dos profissionais que atuam no programa”, lembrou Humberto.

O petista foi relator da MP 723 na Comissão Mista Especial do Congresso e deu seu parecer favorável à sequência da lei. Aprovada na Câmara, ele segue para o Senado que, a partir do dia 25, estará voltado ao julgamento do impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Se a Casa não a analisar, cerca de 2.400 médicos cubanos terão que retornar imediatamente para seu país. "Temos dois dias para analisar e aprovar o texto. Não podemos negligenciar esse tema", afirmou o líder do PT. Ao todo, são mais de 18 mil médicos que participam do programa, dos quais 11.429 são cubanos, 1.537 são formados no exterior e o restante, médicos formados no Brasil.

O Mais Médicos foi criado pela presidenta Dilma em julho de 2013, e já garantiu 18.240 médicos atuando em 4.058 municípios e nos 34 distritos de saúde indígenas. O Tribunal de Contas da União (TCU) elaborou relatório, a partir da avaliação da chegada dos médicos em 1.837 municípios, e já trouxe vários impactos sentidos pela população. Foram 33% de aumento no número de consultas mensais na atenção básica e 32% a mais na quantidade de visitadas domiciliares, de janeiro de 2013 a janeiro de 2015, nas cidades participantes do programa.

“Esse é um excelente número. Poderíamos aumentar ainda mais se tivéssemos o esforço do Governo Federal em dar continuidade ao programa. Mas o que vemos é um presidente e um ministro da Saúde que não têm nenhum interesse no Mais Médicos. É muito triste isso. Serão milhões de pessoas que deixarão de receber esse atendimento, caso o programa acabe”, lamentou o senador petista.

Estilo Moda Pernambuco 2016 divulga programação


A organização do Estilo Moda Pernambuco (EMP), que será realizado de 12 a 16 de setembro, marcando a comemoração dos 10 anos do Moda Center Santa Cruz, divulgou a programação do evento, que contará com diversas atividades, entre desfiles conceituais e de marcas do polo de confecções e palestras. Ela pode ser conferida no site www.modacentersantacruz.com.br/emp, onde também devem ser feitas as inscrições para participar das atividades, que serão realizadas a partir das 19h de cada dia.

A abertura do EMP (dia 12) contará com a presença do ator Gabriel Leone, o Miguel da novela Velho Chico; da atriz Carol Nakamura, garota propaganda do Moda Center; e da poetiza, cantora e multi-instrumentista Ágda Moura. O Senai de Santa Cruz do Capibaribe, uma das instituições responsáveis por formar a mão de obra qualificada da região, e parceira na organização do evento, preparou um desfile com encenações teatrais que contará a história de grandeza da feira que deu origem ao Moda Center e ao Polo de Confecções de Pernambuco. Toda a produção do desfile, desde o roteiro até a concepção e confecção das peças, está sendo realizada de forma colaborativa pelos profissionais de moda da região. No mesmo dia, várias marcas do Polo também realizarão desfiles.

O dia seguinte (13) contará com um desfile inspirado no ludismo, com peças que fazem um resgate das memórias lúdicas do passado, através do cruzamento das experiências infantis com a realidade adulta. A coleção, desenvolvida e confeccionada por alunos do 4° ao 6° período do curso de Design de Moda da Fadire, propõe uma aproximação entre elementos lúdicos, inusitados e alegres com a velocidade da vida moderna. Em seguida, haverá a palestra “Mitos, Verdades e Desafios para os Profissionais da Cadeia Têxtil”, com o professor e engenheiro têxtil Lupércio Cavalcante Filho.

Na quarta-feira (14), o público poderá conferir a palestra “Um Jeito Arretado de Fazer Negócios”, com Bráulio Bessa, escritor, poeta, empreendedor social e cultural, criador do projeto "Nação Nordestina".

Na quinta-feira (15), os participantes poderão conferir a apresentação do Armazém da Criatividade do Porto Digital, que vai destacar a importância da inovação e da criatividade para a moda nos dias de hoje. Representantes de empresas incubadas no armazém darão depoimentos sobre como a unidade avançada do Porto Digital em Caruaru vem apoiando o desenvolvimento de seus negócios.

Já na sexta-feira (16), último dia do Estilo Moda Pernambuco, além de um corte de bolo para celebrar os 10 anos do Moda Center, haverá um grande show de encerramento com o cantor Flávio José. 

Ao realizar o EMP, o Moda Center espera contribuir para o fortalecimento das marcas e dos produtos fabricados no Polo de Confecções de Pernambuco para que eles cheguem com mais força aos mercados nacional e internacional. “Completamos dez anos de história esse ano e nada melhor do que esse evento para mostrar o que produzimos de melhor no Polo de Confecções, o nosso espírito empreendedor e a importância dessa cadeia produtiva para a economia do nosso estado. Pretendemos consolidar o EMP como o evento da moda pernambucana”, explicou Allan Carneiro, síndico do Moda Center. A proposta é que o EMP se torne um evento bienal e se consolide no calendário de moda estadual e regional como uma das principais referências na área ao contemplar todos os segmentos ligados à cadeia de confecções da região.

As atividades prometem movimentar a região, com público estimado em 50 mil participantes, entre empreendedores, clientes do empreendimento e convidados. Para promover o EMP, que contempla toda a cadeia produtiva do mercado de moda, o evento conta com o patrocínio da Caixa, do Governo de Pernambuco, da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe e da Câmara Municipal. O Sebrae, o Hotel Moda Center e a Etical Etiquetas apoiam o evento, juntamente com a Fadire, o Senai, a Unopar, a Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap), a Associação Santa-cruzense de Contabilistas (Ascont), o Centro de Ensino Superior Santa Cruz (Cesac), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato das Empresas do Comércio de Bens e Serviços de Santa Cruz do Capibaribe (Sindilojas).

As empresas interessadas em patrocinar ou em participar com parceiro institucional do EMP devem entrar em contato pelos números: (81) 99159-2987, 3759-1004 ou pelo e-mail emp@modacentersantacruz.com.br.

Serviço:
O que: Estilo Moda Pernambuco (EMP)
Quando: de 12 a 16 de setembro de 2016
Onde: Moda Center Santa Cruz, Santa Cruz do Capibaribe
Informações: (81) 3759-1000
Inscrições e programação: www.modacentersantacruz.com.br/emp
Investimento: Todas as outras atividades do EMP são gratuitas, com exceção da palestra de Bráulio Bessa. O ingresso custa R$ 80,00. As vagas são limitadas.

TECNOLOGIA A FAVOR DE CAUSAS SOCIAIS É DESTAQUE NA CAMPUS PARTY RECIFE


O uso da tecnologia para ajudar a resolver problemas coletivos é um dos principais focos da Campus Party Recife; evento de inovação e tecnologia realizado neste fim de semana (20 e 21) na capital pernambucana abriu espaços para atividades que discutem como usar o conhecimento tecnológico para atuar em causas sociais de diversas áreas; há também uma área de exibição de 20 startups – embriões de empresas com ideias inovadoras em busca de um modelo de negócio viável

Sumaia Vilela, da Agência Brasil - Um aplicativo para ajudar mulheres a sair de relacionamentos abusivos, outro para alfabetizar crianças com deficiência ou dificuldade de aprendizagem, um que atua na geração de dados para localizar e prevenir epidemias. Com temas diferentes, esses projetos têm uma coisa em comum: usam a tecnologia para ajudar a resolver problemas coletivos, um dos principais focos da Campus Party Recife.

O evento de inovação e tecnologia realizado neste fim de semana (20 e 21) na capital pernambucana abriu espaços para atividades que discutem como usar o conhecimento tecnológico para atuar em causas sociais de diversas áreas. Há também uma área de exibição de 20 startups – embriões de empresas com ideias inovadoras em busca de um modelo de negócio viável – na parte pública do evento, onde também ocorrem palestras gratuitas sobre empreendedorismo.

Entre os projetos selecionados, alguns buscam investidores para começar a funcionar e há os que já saíram do papel, como o aplicativo criado pela empresa Epitrack que usa informações enviadas por usuários para ajudar na identificação de possíveis focos epidêmicos de doenças como a dengue e a zika.

"Éramos um grupo de pesquisa dentro da Fundação Oswaldo Cruz e observamos que o nosso modelo de juntar tecnologia com saúde pública estava conseguindo chamar a atenção de outras pessoas que queriam nos contratar. Aí a gente pensou em formular a Epitrack para oferecer isso de uma maneira mais escalável para a sociedade", contou o CEO [Chief Executive Officer, na sigla em inglês) e cofundador da Epitrack, Onício Leal.

Por meio do aplicativo, o cidadão fornece informações sobre os sintomas que está sentindo e informa detalhes para ajudar a localizar a origem do problema, como viagens ao exterior ou o contato com alguém que estava doente. O aplicativo registra a localização do usuário, analisa os dados enviados por milhares de pessoas – epidemiologistas fazem parte da equipe – e fornece a análise para entes públicos que contrataram o serviço, como a prefeitura do Recife e o Ministério da Saúde.

Segundo Leal, o instrumento pode ajudar os gestores a tomar decisões, inclusive de forma preventiva, já que reúne dados tradicionalmente colhidos em pesquisas que levam mais tempo para serem realizadas. "A velocidade que a tecnologia proporciona fazer isso em relação aos meios tradicionais é muito grande. Então você consegue ter a informação em tempo mais oportuno, proporcionando uma velocidade maior de resolução daquele problema social". No aplicativo, os usuários têm à disposição orientações sobre saúde e endereços de Unidades de Pronto Atendimento (UPA) próximas.

Acolhimento e informação

Outras iniciativas apresentadas no evento ainda dependem de financiamento para começar a funcionar, como o Mete a Colher, que nasceu em um grupo feminista para auxiliar mulheres a sair de relacionamentos abusivos. O projeto foi elaborado para estimular vítimas a denunciar violência doméstica e funciona como uma página no Facebook que une pessoas que precisam de ajuda àquelas que se dispõem a ajudar.

A intenção agora é criar um aplicativo de atuação nacional. "Vimos que a necessidade maior é justamente empoderar mulheres para sair do relacionamento. Antecipar toda essa cadeia de ajuda, mostrar os caminhos necessários. Uma mulher que está passando por isso não sabe o que fazer, quem procurar", disse uma das idealizadoras do projeto, Thaísa Queiroz.

O aplicativo feminista pretende oferecer quatro serviços: atendimento psicológico, assistência jurídica, inserção no mercado de trabalho e acolhimento emergencial das mulheres para que possam sair de casa. A tecnologia, nesse caso, vai automatizar um serviço que atualmente é feito pelas pessoas da equipe.

"Hoje as mulheres chegam com pedidos de ajuda pela fanpage e a gente faz a conexão com o nosso banco de dados. É um trabalho manual mesmo, mais limitado. Com o aplicativo a intenção é que a rede funcione por si só, e funcione de forma mais rápida e eficaz", disse Thaísa. O desafio é conseguir os recursos para tirar a ideia do papel. Para isso o grupo resolveu usar o financiamento coletivo pela internet.

Já o projeto Sons e Gestos aposta na conquista de investidores para financiar a criação de um aplicativo voltado à alfabetização de pessoas com deficiência ou com dificuldade de aprendizagem. O app está pronto e passa por fase de validação da tecnologia com pacientes e por meio de um projeto de piloto em uma escola do Recife. O método usado foi desenvolvido por uma equipe multidisciplinar que já aplica as técnicas há mais de dez anos de forma presencial.

"Como a estratégia já é aplicada em jogos físicos, a ideia é transpor as barreiras das escolas e consultórios e que os alunos fiquem mais focados para aprender. Por exemplo: a gente testou com um paciente com autismo que estava muito disperso na hora porque tinha muita gente na sala. Quando a gente mostrou o aplicativo a ele parece que o mundo parou e ele ficou concentrado no aplicativo e de primeira já acertou tudo, ficou repetindo várias vezes", conta a CEO da T-access, empresa que desenvolve a ideia, Virgínia Chalegre.

Ainda pouco atrativos

Para a diretora de mentoria do projeto Porto Social, Ana Carla Marinho, falta profissionalização e que as organizações façam uma mensuração de seus resultados para atrair o invesimento privado. O Porto Social é um projeto que visa a acelerar e incubar organizações que fazem empreendedorismo social. O conceito pode ser aplicado a organizações da sociedade civil dedicadas a resolver um problema coletivo, sejam organizações não governamentais, associações ou mesmo empresas que utilizam todo o lucro que recebem para reinvestir no projeto.

"Aqui no Nordeste a gente está bem no começo dessa questão de doações. Porque as organizações não governamentais [Ong], ainda não estão preparadas para receber essa doação. Às vezes, o empresário quer doar, mas ele só vai doar ao ver o resultado na base. E a ONG não sabe apresentar esse resultado. Ela sabe que impacta 200 crianças, mas não tem indicadores para apresentar isso, porque vem muito com coração", explica Ana Carla Marinho, uma das palestrantes.

Segundo a diretora, um dos maiores problemas para que esses projetos recebam investimentos é a falta de estrutura administrativa para firmar parcerias com empresas em doar. "Quem trabalha com empreendedorismo social geralmente trabalha com emoção, vem pela dor social e faz o projeto. Ele não tem um planejamento estratégico, um jurídico constituído, a responsabilidade contábil de gerenciar isso, não sabe quais os enquadramentos jurídicos que ele pode ter, quais os benefícios fiscais que podem dar para alguma empresa que chegue com algum tipo de patrocínio".

Além disso, segundo a especialista, empreendedores sociais formalizados enfrentam obstáculos no sistema tributário, pois não há um regramento simplificado ou qualquer tipo de isenção fiscal – como o dado a igrejas, por exemplo - para essas organizações. "Uma das lutas que a gente vai levantar essa bandeira futuramente é: trazer benefícios fiscais para quem está fazendo essa parte social".

Candidatos da Frente Popular botam o “bloco na rua” em Gravatá

Os candidatos a prefeito de vice de Gravatá pela Frente Popular, vereadores João Paulo (PSB) e Fernando Resende (PR), vão botar o “bloco na rua” a partir desta segunda-feira (22).

Eles pretendem fazer um “porta a porta” por todas as ruas do município, começando pelo Bairro Novo que é o mais populoso da cidade. Essa chapa tem o apoio do deputado estadual Waldemar Borges (PSB) e a simpatia (não declarada publicamente) do interventor, coronel Mário Cavalcanti, que é filiado ao PSB.

A concentração será às 19 horas na Rua Padre Augusto Soares, nas proximidades de Paulo do Mercadinho, com destino à Rua Santa Helena.

O vereador João Paulo vai enfrentar o ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB), que estaria à frente da corrida eleitoral em todas as pesquisas.

O prefeito afastado Bruno Martiniano (sem partido) não declarou apoio a nenhum candidato.

Curtinhas do Edmar

Passeio – O Ibope mostrou que a disputa pela prefeitura de Salvador será um passeio para o atual prefeito ACM Neto (DEM). Considerado o melhor prefeito do Brasil, Neto tem nada menos que 68% das intenções de voto, a segunda colocada Alice Portugal (PCdoB) tem apenas 8%. Caso se confirme o passeio de ACM Neto em Salvador, em 2018 ele será candidato a governador da Bahia.

Pesquisas – Após o Ibope divulgar a primeira pesquisa sobre a eleição no Recife, o Datafolha deverá divulgar seu levantamento na próxima quinta-feira, enquanto o Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau (IPMN) deverá fazer a divulgação da sua sondagem na edição do próximo domingo do Jornal do Commercio.

Ação – O fotógrafo da prefeitura de Jaboatão dos Guararapes Marcelo Ferreira está ingressando com uma ação na justiça contra o candidato a prefeito da cidade, o deputado federal Anderson Ferreira (PR) pela utilização sem autorização de suas fotografias da cidade de Jaboatão dos Guararapes. Na peça, Anderson teria utilizado imagens de uma obra da prefeitura que foram tiradas por Marcelo.

Comparação – Nas eleições de 2012 Humberto Costa iniciou a disputa com 40% de intenções de voto na primeira pesquisa Ibope. Candidato do PT este ano, João Paulo tem um início muito pior do que o seu correligionário, que minguou ao longo da disputa e terminou com apenas 17% dos votos válidos, figurando num modesto terceiro lugar.

RÁPIDAS

Justiça – O candidato a vereador do Recife Romero Albuquerque (PP) é mais um a desrespeitar a determinação do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco ao utilizar link patrocinado no Facebook. Ontem ele estava impulsionando uma publicação do domingo na rede social sem qualquer cerimônia confiando na impunidade da Justiça Eleitoral.

Flávia Santos – Ao lado do vereador Marcos de Bria, que tenta a reeleição, a pastora Flávia Santos da Igreja do Evangelho Quadrangular é uma das principais apostas do PSDC. Nas eleições passadas ela obteve mais de três mil votos, nesta eleição tem grandes chances de dobrar a votação e se eleger na chapa, que tende a emplacar dois parlamentares.

Inocente quer saber – João Paulo vai minguar como Humberto Costa em 2012?

Por Edmar Lyra
Jornalista político, editor do Blog Edmar Lyra e comentarista do Cidade em Foco.

Diogo Moraes participa de grande comício no Largo da Rodoviária

O candidato à reeleição no município de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), comandou a festa no primeiro comício da Coligação Mais Conquistas Mais Avanços, na noite do último domingo (21). Ao lado do candidato a vice-prefeito Dida de Nan (PSB), do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e dos candidatos a vereador, todos assistiram à um evento que contou com uma multidão vibrante no Largo da Rodoviária, localizada no centro da cidade.

Emocionado, Edson Vieira destacou a última campanha em que esteve na disputa pelo Palácio Braz de Lira, onde, atendendo ao pedido do governador Eduardo Campos, falecido em 2014, caminhou junto ao deputado Diogo Moraes para mudar os destinos de Santa Cruz do Capibaribe. "É impossível não lembrar de 2012 e hoje podemos dizer sem medo de errar que fazemos política com integração. Uma gestão que olha Santa Cruz para frente. Uma Santa Cruz que se desenvolve", disse Edson.

Em seu depoimento, o deputado Diogo Moraes empolgou a multidão ao falar de sua parceria com a dupla Edson e Dida, além dos vereadores que formam a base de apoio do grupo governista. "Aqueles que tentam denegrir a imagem de Edson e dos nossos vereadores, estão denegrindo até os funcionários públicos. E nós somos o time da paz. O bem nunca vai perder para o mal, a verdade vai vencer a mentira", disse, emocionado. Moraes finalizou seu discurso reafirmando seu compromisso com o município. "Nós iremos construir uma cidade melhor para todos com a vitória do povo de Santa Cruz do Capibaribe".

O parlamentar citou ainda as conquistas da Gestão de Edson Vieira. A exemplo do Calçadão Miguel Arraes de Alencar, calçamento de mais de 150 ruas e avenidas, construção dos Ambulatórios Médicos Especializados, o adiantado trabalho de duplicação da Rodovia PE-160 e o inicio da construção da Adutora do Pirangi, que vai trazer água para o agreste setentrional e diminuir o sofrimento de milhares de famílias.              

Após o comício uma carreata misturada com passeata tomou conta das ruas e o time da paz caminhou até o comitê da Avenida Cesário Aragão, no Bairro São Cristóvão. Mais cedo o deputado participou ao lado de Edson Vieira, Dida de Nan, candidatos a vereadores e amigos da Procissão de Santo Agostinho na comunidade que leva o mesmo nome. "Estar presente nesses momentos de fé renova as nossas forças para seguirmos firme nessa caminhada", disse Diogo.