terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Mais de 1,5 mil municípios do país já aderiram ao programa Internet para Todos

Ministro assina acordo de adesão da prefeitura de São Paulo ao Internet para Todos. Foto: Ascom/MCTIC

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Prefeitura de São Paulo assinaram nesta segunda-feira (26) acordo para adesão do município ao programa Internet para Todos, que levará banda larga a localidades sem conectividade de todo o país por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC).

A prefeitura assinou ofício em que requisita a inscrição no programa, que já recebeu R$ 3 bilhões em investimentos do governo federal por meio do satélite, em órbita desde maio de 2017. Até esta segunda-feira, mais de 1,5 mil municípios de todo o Brasil já haviam aderido ao Internet para Todos. Deste total, 838 estão indicando as localidades que deverão receber banda larga.

O convênio com as prefeituras é o quarto a ser feito pelo MCTIC para utilizar a capacidade do SGDC para conexões de internet. Segundo o ministro Gilberto Kassab, antenas começam a ser instaladas em maio para fornecer a banda larga. “Cada localidade apontada por qualquer prefeitura do Brasil terá a sua antena. Isso significa que qualquer localidade de São Paulo, em pouco tempo, terá conectividade”, explicou o ministro.

Ele acrescentou que, no início, serão instaladas 200 antenas por dia. “Porque não podemos perder um dia de utilização do satélite. O satélite tem 18 anos de vida útil. E cada dia que a gente perde dessa capacidade é qualidade de vida que a gente deixa de oferecer e receita que deixa de entrar nos cofres do governo federal para que ele possa repor o que investiu e guardar recursos para investir em mais satélites”, afirmou Kassab.

Convênios

Além dos convênios com os municípios, o MCTIC firmou parcerias com o Ministério da Defesa, para melhorar as comunicações estratégicas e o monitoramento das fronteiras brasileiras; com o Ministério da Educação, para levar banda larga para todas as escolas públicas do país, sendo 7 mil beneficiadas já em 2018; e com o Ministério da Saúde, também para expandir o acesso à banda larga em hospitais e postos de saúde.

Além do ministro, participaram da cerimônia o prefeito de São Paulo, João Doria, secretários municipais e dirigentes da Telebras.

Para Doria, a adesão da cidade ao programa Internet para Todos complementa um esforço da prefeitura nas ações de digitalização e desburocratização. “Até o mês de julho vamos eliminar papel nos procedimentos na cidade. E muito desse apoio vem do governo federal”, destacou.

Lixo eletrônico

A Prefeitura de São Paulo também assinou acordos com o Principado de Mônaco e o MCTIC para a instalação de coletores de lixo eletrônico em parques municipais e reciclagem de eletrônicos. O objetivo do acordo entre a prefeitura e o ministério é a implementação de ações conjuntas para expandir projetos de inclusão digital, como a revitalização de 300 Telecentros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário